EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Hospitais italianos recebem crianças de Gaza

Crianças palestinianas em Itália
Crianças palestinianas em Itália Direitos de autor screenshot video/Euronews
Direitos de autor screenshot video/Euronews
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Itália é o primeiro país europeu a lançar uma operação internacional de salvamento das vítimas da guerra.

PUBLICIDADE

Um grupo com onze crianças palestinianas deixou a guerra na Faixa de Gaza e atravessou a fronteira para o Egito. De lá, as crianças embarcaram em aviões com destino a Itália. Chegaram na segunda-feira, e vão receber tratamento médico nos mais importantes hospitais pediátricos de Roma, Génova, Bolonha e Florença.

"Agora estão felizes. Deviam tê-los visto ontem no avião como estavam, vi-os agora, mudaram, estão muito melhores, pelo menos vimo-los sorrir, estão felizes por terem saído do inferno. (...)  Penso que têm de encontrar uma solução para o problema, têm de encontrar a paz", declarou Ibrahim Faltas, Vigário da Custódia da Terra Santa.

Hadi, de 14 anos, faz parte deste grupo. O seu pai explica que perderam a casa num bombardeamento israelita e conseguiram chegar ao Egito. A filha perdeu um pé e está a recuperar num centro de reabilitação nos Emirados Árabes Unidos.

"O meu filho tem fraturas na cabeça e na mão. Também sofre de ataques epiléticos devido aos bombardeamentos e explosões que atingiram a casa da família. (...) Foi muito difícil sair de Gaza. Deixámos lá um inferno. Uma terra queimada. Não resta nada em Gaza, nem casas, nem estradas, nem hospitais" revelou.

A Itália é o primeiro país europeu a lançar uma operação internacional de salvamento das vítimas da guerra em Gaza. Outras crianças feridas chegarão nos próximos dias no navio da marinha italiana (Vulcano Ship).

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Hamas está a estudar proposta de cessar-fogo de Israel

Secas, desertificação, ondas de calor: a crise climática atinge duramente a Sicília

Liga de Salvini abandona grupo de Meloni no Parlamento Europeu. Há riscos para o governo italiano?