Missão espacial privada pode voltar a levar os Estados Unidos à Lua mais de 50 anos depois

Módulo lunar Odysseus foi lançado com sucesso da Flórida e já está  acaminho da Lua
Módulo lunar Odysseus foi lançado com sucesso da Flórida e já está acaminho da Lua Direitos de autor Captura de vídeo via AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O módulo lunar Odysseus, da empresa norte-americana Intuitive Machines, já está a caminho da lua, a bordo de um Falcon 9 da SpaceX. Foi lançado às 6:05 desta quinta-feira, hora de Lisboa, e tem aterragem prevista para o dia 22. Até agora, nenhuma companhia privada alcançou a superfície lunar.

PUBLICIDADE

Eram 6:05 desta quinta-feira em Portugal continental quando foi lançado com sucesso o módulo lunar Odysseus a partir do Centro Espacial Kennedy da Nasa, no Estado norte-americano da Flórida. A nave, que deve atingir velocidades de até 11 quilómetros por segundo,  seguiu a bordo de um foguete Falcon 9 da SpaceX e vai viajar até 370.000 quilómetros, estando previsto que aterre perto do polo sul da Lua dentro de uma semana. a 22 de fevereiro.

A sonda vai avaliar o ambiente lunar e identificar recursos essenciais, como a presença de água, antes de uma possível missão tripulada ao abrigo do programa Artemis, da NASA, no final de 2026. 

Se tudo correr como está delineado, a Intuitive Machines, a empresa sediada em Houston que fabricou a nave, pode ser a primeira companhia privada a chegar à Lua, permitindo aos Estados Unidos voltar ao satélite natural da Terra pela primeira vez desde a aterragem bem-sucedida da Apollo 17 em 1972. 

"Temos passado muitas noites sem dormir a preparar este momento", afirmou Steve Altemus, co-fundador e diretor executivo da Intuitive Machines.

Em janeiro, a Astrobotic Technology, empresa privada com sede em Pittsburgh, teve de abandonar a tentativa de colocar o seu módulo Peregrine na lua menos de 24 horas depois do lançamento, devido a uma fuga de combustível que provocou problemas nos propulsores do sistema de controlo de altitude.

Até agora só Estados Unidos, Rússia, China, Índia e Japão conseguiram alcançar a Lua.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Está dado o primeiro passo para uma colónia lunar? Módulo Odysseus pousa na Lua com sucesso

SpaceX perde maior foguetão do mundo em segunda tentativa de ir à Lua

Missão indiana confirma presença de enxofre no polo sul da Lua