Dia Internacional das Mulheres: manifestações em todo o mundo para exigir igualdade

Dia Internacional da Mulher: Mulheres saem à rua em todo o mundo para exigir igualdade de género
Dia Internacional da Mulher: Mulheres saem à rua em todo o mundo para exigir igualdade de género Direitos de autor Alessandra Tarantino/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O tema dos protestos do Dia Internacional da Mulher deste ano é “Inspirar a Inclusão”. O secretário-geral da ONU, António Guterres, e o presidente russo, Vladimir Putin, deixaram mensagens às mulheres para assinalar esta data.

PUBLICIDADE

Várias manifestações a favor da justiça e da igualdade de género realizam-se, esta sexta-feira, em todo o mundo, para assinalar o Dia Internacional da Mulher.

O tema dos protestos deste ano é “Inspirar a Inclusão” e visa destacar a importância da diversidade e do empoderamento das mulheres. Na Coreia do Sul, isto significa envolver mais as mulheres na política.

"Dentro de um mês, vão haver eleições parlamentares na Coreia do Sul. Estamos aqui para que a questão da desigualdade de género e muitas outras questões relacionadas com as mulheres sejam discutidas durante o período eleitoral", disse Oh Kyung Jin, secretária-geral das Associações de Mulheres Coreanas Unidas, citada pelas agências internacionais.

Num discurso especial, o secretário-geral da ONU disse que, embora as barreiras tenham sido quebradas ao longo dos anos, as mulheres ainda enfrentam muitos obstáculos.

"Milhares de milhões de mulheres e raparigas enfrentam a marginalização, a injustiça e a discriminação, enquanto a persistente epidemia de violência contra as mulheres desonra a humanidade. O nosso mundo ainda reflete milénios de relações de poder dominadas pelos homens ", disse António Guterres, secretário-geral da ONU, citado pelas agências internacionais.

Já na Rússia, o presidente Vladimir Putin prestou homenagem às mulheres do exército russo, que combatem na Ucrânia, para assinalar o Dia Internacional da Mulher e afirmou que o principal papel do género feminino é “a maternidade”.

"Vocês, queridas mulheres, são capazes de transformar o mundo com a vossa beleza, sabedoria e generosidade espiritual, mas, acima de tudo, graças à maior dádiva que a natureza vos deu - o nascimento dos filhos", discursou Putin, citado pelas agências internacionais.

Nas Filipinas, várias mulheres manifestaram-se contra a violência sexual, num protesto que ficou marcado por violência, sendo necessária a intervenção da polícia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cinco factos que precisa de saber sobre o Dia Internacional da Mulher

Dia Internacional da Mulher: "A nossa luta é todos os dias"

Brasil celebra Dia Internacional da Mulher Afro-latinoamericana com protesto em São Paulo