Iluminação alusiva ao Ramadão em Frankfurt levanta discussão

Happy Ramadan. Illumination in Frankfurt
Happy Ramadan. Illumination in Frankfurt Direitos de autor euronews screengrab
De  Christoph Debets
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Frankfurt é a primeira cidade na Alemanha a celebrar o Ramadão com uma iluminação de rua. Entre 100.000 e 150.000 muçulmanos vivem em Frankfurt, que é cerca de 15% da população. Críticos falam de islamização, enquanto a comunidade muçulmana acolhe a inicativa com agrado.

PUBLICIDADE

Frankfurt é a primeira cidade da Alemanha a iluminar a Freßgass, uma popular rua comercial da cidade, por ocasião do mês de jejum islâmico do Ramadão. A partir da noite de domingo, estrelas e luzes, com a inscrição "Happy Ramadan" ("Feliz Ramadão") vão iluminar essa zona pedonal cheia de lojas gourmet e cafés.

A iluminação é inspirada em Londres, onde o Piccadilly Circus foi iluminado com luzes do Ramadão no ano passado. Foi a primeira vez que uma cidade europeia celebrou o jejum do Ramadão.

A decisão da cidade de Frankfurt provocou indignação nas redes sociais. Muitos usuários interpretaram isso como um sinal de "islamização" e pediram um boicote às lojas na Freßgass.

Quase 15% da população de Frankfurt é muçulmana. Em contraste com a iluminação pré-natal paga pelo comércio local, os 75.000 euros investidos para a iluminação do Ramadão vêm da autarquia da cidade. Esta é a razão oficial pela qual a CDU votou contra a iluminação no conselho da cidade. 

Mas para o presidente da Rathaus de Frankfurt (câmara municipal) Nargess Eskandari-Grünberg (dos Verdes), que governa com uma coligação do SPD, Verdes, FDP e Volt, a iluminação é um sinal de "coexistência pacífica".

A iniciativa foi bem recebida pela comunidade muçulmana.

Dependendo da visibilidade da lua nova, o Ramadão começa na próxima segunda ou terça-feira e dura até 9 de abril.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ramadão, um mês para promover a solidariedade e o voluntariado no Qatar

Muçulmanos celebram início do Ramadão na Cidade Velha de Jerusalém

Ramadão: Como e quem cumpre o jejum?