Autoridades russas começam a retirar quase 10 mil crianças de Belgorod após ataques de Kiev

Autoridades russas começam a retirar crianças de Belgorod
Autoridades russas começam a retirar crianças de Belgorod Direitos de autor AP/Belgorod region governor Vyacheslav Gladkov telegram channel
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cerca de 9.000 crianças vão ser retiradas de Belgorod, devido à intensificação dos ataques à cidade russa nas últimas semanas.

PUBLICIDADE

As autoridades da Rússia já começaram a retirar crianças de Belgorod, depois do anúncio feito no início desta semana pelas autoridades locais, de que cerca de 9.000 menores seriam retirados da cidade russa.

O governador de Belgorod, Vyacheslav Gladkov, publicou um vídeo nas redes sociais, esta sexta-feira, que mostra a partida do primeiro grupo, composto por 1.200 crianças, que deverão seguir para Penza, também na Rússia.

Não é claro se as crianças serão acompanhadas pelas famílias.

De acordo com Gladkov, Belgorod, que fica na fronteira com a Ucrânia, foi bombardeada novamente na manhã desta sexta-feira. O ataque matou uma pessoa e deixou vários feridos.  

As autoridades russas acusam Kiev de ser responsável pelo ataque e o Comité de Investigação da Rússia anunciou que vai abrir uma investigação a este e outros ataques mortais na região ocupada de Donetsk e na região de Kherson.

A cidade de Belgorod tem sido alvo de ataques frequentes por parte da Ucrânia, o que tem gerado preocupação junto das autoridades locais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque ucraniano a Belgorod no segundo dia das eleições russas. Putin promete "resposta dura"

Ataque ucraniano em Belgorod faz um morto

Ataque ucraniano em Belgorod faz cinco mortos