Responsáveis da discoteca que ardeu em Istambul detidos para interrogatório

Gerentes da discoteca que incendiou em Istambul foram detidos para interrogtório
Gerentes da discoteca que incendiou em Istambul foram detidos para interrogtório Direitos de autor Khalil Hamra/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Fogo deflagrou quando se realizavam obras de renovação na discoteca, que não tinham as licenças necessárias. As autoridades detiveram seis pessoas para interrogatório, incluindo os gerentes do espaço de diversão noturna. Morreram 29 pessoas no incêndio.

PUBLICIDADE

Foi aberta uma investigação ao incêndio numa discoteca de Istambul, na Turquia, que matou 29 pessoas e fez vários feridos. No estabelecimento decorriam obras de renovação, que não tinham sido autorizadas pelas entidades compententes. Todas as vítimas mortais são trabalhadores da construção que se encontravam no local

A discoteca Masquerade ficava no rés-do-chão de um edifício de 16 andares.

Responsáveis da discoteca sob investigação

O governador de Istambul, Davut Gul, disse aos jornalistas que a causa do incêndio está a ser investigada.

As autoridades detiveram seis pessoas para interrogatório, incluindo os responsáveis do clube noturno e uma pessoa responsável pelas obras de renovação, segundo as agências internacionais. 

O estabelecimento de diversão noturna estava encerrado durante o Ramadão, o mês  sagrado muçulmano, os proprietários estavam a tentar concluir as obras de renovação a tempo do feriado do Eid, que se segue ao mês de jejum, segundo as agências internacionais.

O presidente da câmara de Istambul, Ekrem Imamoglu, anunciou entretanto que as autoridades estão a inspecionar todo o edifício para avaliar se tem condições de segurança.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Incêndio em discoteca de Istambul faz dezenas de mortos

Temporada de incêndios florestais na Sibéria começa antes do tempo

Quatro mortos e 21 feridos em incêndio num lar de idosos na Alemanha