EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Combates intensificam-se em Kharkiv após retaliação da Ucrânia em Belgorod

População está a ser retirada de Vovchansk
População está a ser retirada de Vovchansk Direitos de autor Evgeniy Maloletka/Copyright 2020 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Evgeniy Maloletka/Copyright 2020 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Região de Kharkiv, no leste da Ucrânia, foi atingida com mais de 30 ataques nas últimas 48 horas.

PUBLICIDADE

A região de Kharkiv foi atingida com mais de 30 ataques russos nas últimas 48 horas.

Vários edifícios residenciais foram destruídos ou ficaram danificados, e o corpo de pelo menos uma mulher foi encontrado sob os escombros.

Os combates têm sido mais intensos desde sábado e as forças ucranianas tentam agora travar uma investida russa na área de Vovchansk. Mais de cinco mil pessoas tiveram de ser encaminhadas para áreas mais seguras.

O chefe da administração militar da cidade de Vovchansk, Tamaz Gambarashvili, disse que as autoridades locais têm como objetivo "retirar completamente a população dentro de 1-2 dias" da cidade.

"Pequenos grupos [de militares russos] tentaram entrar nas ruas da cidade, mas as forças armadas travaram essas tentativas", acrescentou.

Numa mensagem ao país no domingo, o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, admitiu que a situação em Vovchansk era "extremamente difícil".

No mesmo dia, a Ucrânia retaliou com um ataque com mísseis em Belgorod, destruindo parcialmente um prédio residencial e matando pelo menos 15 pessoas.

A região de Belgorod, na fronteira ocidental da Rússia, tem sido alvo de um grande número de ataques das forças ucranianas nos últimos meses.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque a Belgorod, na Rússia, faz pelo menos 15 mortos. Zelenskyy admite situação difícil em Kharkiv

Rússia anuncia ter conquistado mais quatro aldeias na região de Kharkiv

EUA anunciam pacote de armas no valor de 370 milhões de euros para a Ucrânia