EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Zelenskyy faz visita inesperada às Filipinas para promover Cimeira de Paz

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, numa Conferência de Segurança em Singapura
Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, numa Conferência de Segurança em Singapura Direitos de autor Vincent Thian/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Vincent Thian/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Zelenskyy deu indicações de que o chefe de estado filipino aceitou o convite para a Cimeira de Paz, mas não se sabe se Ferdinand Marcos estará na Suíça. Presidente das Filipinas expressou ao homólogo ucraniano todo o apoio possível para solucionar o conflito entre a Rússia e a Ucrânia.

PUBLICIDADE

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy fez uma viagem inesperada às Filipinas, onde instou os líderes do país asiático a participarem na Cimeira de Paz, de 15 e 16 de junho, organizada pela Suíça.

Zelenskyy parece ter indicado que o presidente filipino, Ferdinand Marcos Jr., aceitou o seu convite para a cimeira, mas não se sabe se Marcos estará presencialmente no evento.

A viagem do presidente ucraniano a Manila não foi anunciada oficialmente pelo seu gabinete nem pelas autoridades filipinas. Zelenskyy reuniu-se com o homólogo, Ferdinand Marcos, que expressou todo o apoio possível para resolver o conflito no país europeu, informou a televisão filipina ABS-CBN.

“Continuamos a fazer tudo o que está ao nosso alcance para promover a paz e pôr fim aos combates”, disse Marcos.

O presidente ucraniano chegou à capital Manila sob forte segurança e foi recebido com honras militares.

“Estou grato às Filipinas por apoiarem a soberania e a integridade territorial da Ucrânia, pela sua posição clara relativamente à agressão russa contra o nosso país e por apoiarem resoluções importantes da ONU”, escreveu Zelesnkyy na rede social X, após o encontro com Marcos no palácio presidencial.

O líder ucraniano adiantou que a Ucrânia planeia abrir uma embaixada em Manila este ano "para reforçar a cooperação bilateral".

No domingo, em Singapura, durante um fórum de Defesa, Zelenskyy acusou a China de estar a ajudar a Rússia a tentar boicotar a Cimeira de Paz deste mês, tentando convencer outros líderes mundiais a não marcarem presença na Suíça.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy acusa China de pressionar outros países a não participar nas próximas negociações de paz

Zelenskyy procura assistência em matéria de segurança no Diálogo de Shangri-La em Singapura

Zelenskyy diz que Ucrânia será autorizada a atacar dentro da Rússia com armas ocidentais