EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Desemprego britânico em mínimos de 40 anos à custa de trabalho precário

Desemprego britânico em mínimos de 40 anos à custa de trabalho precário
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A taxa de desemprego no Reino Unido desceu para mínimos de quatro décadas.

PUBLICIDADE

A taxa de desemprego no Reino Unido desceu para mínimos de quatro décadas. Os dados estatísticos apresentados pela agência britânica revelam que no período entre novembro do ano passado e janeiro de 2017 o número de inscritos nos centros de emprego recuou para os 4,7 por cento da população ativa, menos 4 décimas que no período homólogo nos 12 meses precedentes.

O gabinete britânico de estatísticas indica igualmente que no mesmo período o número de trabalhadores por conta própria cresceu 148 mil e o número de pessoas empregadas subiu 144 mil.

Record 910000 UK workers on zero-hours contracts – The Guardian https://t.co/sKGSiUFA9X Google Biz pic.twitter.com/tQdSgecwOc

— mediat business (@mediat_biz) 3 de março de 2017

No entanto, a outra face destes números reside no facto de quase um milhão de pessoas ter um chamado “contrato de zero horas”, que obriga o trabalhador a estar disponível para a empresa apesar do empregador não ter trabalho e por isso não lhe pagar. De igual modo, muitas pessoas que trabalham por conta própria são trabalhadores precários ou em part-time.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

PIB do Reino Unido cresce acima do previsto em 2017

Efeitos do Brexit não se refletem, para já, na economia britânica

Reino Unido prepara economia para o "Brexit"