EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Brexit ameaça "indústria do caril"

Brexit ameaça "indústria do caril"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A chamada “indústria do caril”, no Reino Unido, está em perigo.

PUBLICIDADE

A chamada “indústria do caril”, no Reino Unido, está em perigo. As associações do setor apontam agora o dedo ao Brexit, apesar dos problemas serem anteriores ao referendo à permanência britânica na União Europeia. Os restaurantes debatem-se com falta de mão-de-obra e os representantes do setor denunciam um logro:

“Os defensores do Brexit prometeram-nos que se os apoiássemos, eles abririam portas aos migrantes da Ásia meridional, mas isto, na verdade, não está a acontecer” – sublinha Oli Khan, da Bangladesh Caterers Association.

As dificuldades prendem-se com a substituição dos cozinheiros, a maioria está a chegar à idade da reforma, e do pessoal de sala, geralmente mal pagos.

“As pessoas com que trabalhamos atualmente são europeias, da Roménia e da Polónia, e agora vão partir, pelo que não vamos ter ninguém com quem trabalhar. Vamos ter de fechar o restaurante” – afirma Enam Ali, o proprietário do restaurante Le Raj.

Os empregados também se questionam sobre o futuro. É o caso da polaca Aga Pozniak que apesar de ter um diploma de professora trocou Lodz por Londres.

“A maioria das pessoas que chegou aqui recentemente, como eu, coloca a pergunta, devo ficar? Devo investir no meu futuro aqui? É melhor regressar? Ou devo partir para outro lugar?”

Apesar das interrogações que o problema suscita uma coisa é certa: o setor vale muito dinheiro. Estima-se que o contributo para a economia britânica ronde os 5 mil milhões de libras e que empregue cerca de duzentas mil pessoas anualmente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O que está em alta e o que não está para as viagens e o turismo este ano?

Comissário europeu para a Economia sem arrependimentos apesar da reação negativa ao Pacto Ecológico

Comissão Europeia prevê descida da inflação apesar do aumento do preço do petróleo