EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Lagarde defende criação de fundo para 'tempos de vacas magras'

Christine Lagarde, no Instituto alemão para a Investigação Económica
Christine Lagarde, no Instituto alemão para a Investigação Económica Direitos de autor REUTERS/Hannibal Hanschke
Direitos de autor REUTERS/Hannibal Hanschke
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A diretora do FMI considera que a UE deve ter mecanismos próprios de apoio aos países membros que venham a passar por dificuldades económicas

PUBLICIDADE

Christine Lagarde defendeu esta segunda-feira, em Berlim, a criação de um "fundo para tempos de vacas magras" na União Europeia.

A diretora do Fundo Monetário Internacional considera que este é o momento de criar mecanismos de reação a futuras crises económicas. Uma ideia que foi posta em cima da mesa por França mas que conta com alguma resistência da Alemanha.

Precisamente em Berlim, num discurso no Instituto alemão de Investigação Económica (DIW), Lagarde escolheu passar a mensagem. Acenou com "novos ventos ameaçadores" para justificar a criação deste fundo de emergência. Deu como exemplos a subida, em todo o mundo, da notoriedade dos movimentos populistas e protecionistas.

Para Lagarde, é importante sinalizar no prazo de seis meses que os países da União Europeia estão alinhados nesta matéria.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líderes europeus decidem altos cargos na União Europeia

Davos: Otimismo do FMI e o bom exemplo de Portugal

Alternativa ao lítio: Pode o manganésio substituir as baterias de lítio dos veículos elétricos?