Bancos da UE deverão ter alternativa ao Visa e Mastercard em 2022

Bancos da UE deverão ter alternativa ao Visa e Mastercard em 2022
Direitos de autor Keith Srakocic/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Europa seguirá passos da Rússia e da China.

PUBLICIDADE

À procura de uma alternativa para fazer frente ao Visa e Mastercard bem como à crescente influência de empresas chinesas, mais de uma dezena de bancos da Alemanha, de França e de três outros países da zona euro anunciaram que deverá estar operacional em 2022 um sistema de pagamentos "puramente europeu."

O objetivo passa por acelerar a digitalização, até porque ainda há muitos pagamentos em numerário, mas também por tornar a Europa mais robusta e independente.

Depois do falhanço do projeto Monnet, a PEPSI - Iniciativa de Sistema Pan-Europeu de Pagamentos - é a grande aposta de futuro no velho continente e o anúncio desta quinta-feira já mereceu os elogios do Banco Central Europeu.

Brevemente será criada uma empresa provisória em Bruxelas. De acordo com alguns bancos já envolvidos como o BBVA, BNP Paribas ou Deutsche Bank, por exemplo, serão incentivados a participar outros prestadores de serviços de pagamentos.

A concretizar-se, a Europa seguirá os passos da Rússia e da China na criação de uma alternativa ao Visa e Mastercard.

Nesta iniciativa participam bancos de França, da Alemanha, dos Países Baixos, Bélgica, Espanha e ao que tudo indica de Portugal e Itália.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pagamentos instantâneos deverão ser a norma no sistema bancário da UE

Mercedes-Benz recolhe 250 000 veículos devido a risco de incêndio

Uber Eats altera anúncio polémico da Super Bowl por brincar com alergias alimentares