EUA: 28 mil pessoas vão ser depedidas nos Parques da Disney

EUA: 28 mil pessoas vão ser depedidas nos Parques da Disney
Direitos de autor Charles Sykes/2020 Invision
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Disney World anunciou a supressão de 28 mil postos de trabalho nos Parques dos EUA. Cerca de um quarto dos despedimentos vão ocorrer na Florida

PUBLICIDADE

Os Parques da Disney World, nos Estados Unidos, vão despedir cerca de 28 mil empregados.

De acordo com uma carta que a companhia enviou aos trabalhadores e às autoridades, um quarto dos visados são trabalhadores não sindicalizados na Florida. Este número pode, no entanto, crescer, tendo em conta que há negociações com um sindicato que representa 43 mil funcionários.

O vice-presidente, Jim Bowden, diz que a decisão, "difícil", se deve ao impacto da pandemia.

Na Europa, por enquanto, não há notícia de possíveis despedimentos, mas a situação é igualmente difícil na Disneyland Paris, com 16 mil trabalhadores em regime de desemprego parcial. Em Paris o parque reabriu em julho, com alguns serviços encerrados; na Florida também reabriu durante o verão, mas na Califórnia continua encerrado, a aguardar instruções das autoridades estaduais.

A direção da Disneyland Paris apressou-se esta segunda-feira a tranquilizar os funcionários. A presidente da Euro Disney, Natacha Rafalski, garantiu aos trabalhadores que as medidas drásticas aplicadas nos Estados Unidos, não afetam a  Disneyland Paris.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mercedes-Benz recolhe 250 000 veículos devido a risco de incêndio

Uber Eats altera anúncio polémico da Super Bowl por brincar com alergias alimentares

Quem ultrapassou Elon Musk como a pessoa mais rica do mundo?