EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Volkswagen anuncia transformação sem precedentes

Volkswagen anuncia transformação sem precedentes
Direitos de autor Peter Steffen/(c) Copyright 2020, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
Direitos de autor Peter Steffen/(c) Copyright 2020, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
De  Nara Madeira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente-executivo do grupo Volkswagen anuncia "transformação rápida e sem precedentes" para ser líder global do setor das viaturas eletricas.

PUBLICIDADE

Do escândalo do dieselgate à ambição de ser líder mundial de carros elétricos, a Volkswagen anunciou um ambicioso plano, a "transformação será rápida e sem precedentes", anunciava o presidente-executivo do grupo que está num momento de transição.

Herbert Diess afirmava que estão "confiantes de que após esta transição, a Volkswagen será uma empresa ainda mais forte com participações de mercado maiores do que tem hoje". Acrescentando que em 2021, vão "recuperar da Covid e acelerar a mudança, mais uma vez".

O objetivo é reajustar prioridades em termos orçamentais para apostar em novas tecnologias enquanto o grupo planeia construir a maior frota de veículos elétricos da indústria automóvel. Até 2025 quer tornar-se líder global deste mercado.

A Volkswagen está também a trabalhar na expansão das infraestruturas de carregamento de baterias, visto ainda como um grande obstáculo à utilização em massa de viaturas elétricas. 

O segundo maior fabricante mundial de automóveis quer ter 18.000 pontos de carregamento rápido pela Europa até 2025 e ter seis fábricas de células de bateria a funcionar, também no velho continente, até 2030. Infraestruturas que construirá sozinho ou com parceiros. 

A Volkswagwn aumentará, igualmente, o seu investimento no setor da energia elétrica.

O grupo está também a apostar no setor dos veículos elétricos nos EUA e na China. 

O custo deste plano colossal não é, por enquanto, conhecido.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Volkswagen perde caso no Tribunal de Justiça da UE

Volkswagen condenada em queixa individual

Dieselgate: 620 milhões para 200 mil clientes da Volkswagen