Realizador israelita Amos Gitai retrata o último dia de Yitzhak Rabin

Realizador israelita Amos Gitai retrata o último dia de Yitzhak Rabin
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

“Rabin, the Last Day” de Amos Gitai retrata o último dia de Yitzhak Rabin. A longa-metragem israelita cruza os registos da ficção e do documentário

PUBLICIDADE

“Rabin, the Last Day” de Amos Gitai retrata o último dia de Yitzhak Rabin. A longa-metragem israelita cruza os registos da ficção e do documentário.

O realizador traça o retrato do primeiro-ministro de Israel abatido por um militante ultranacionalista em 1995 e analisa as causas do assassínio do homem que fez avançar o processo de paz entre israelitas e palestinianos.

A euronews entrevistou o cineasta israelita durante o Festival de Cinema dos Direitos Humanos em Genebra. Após a projeção do filme, Amos Gitai participou num debate com o público.

“O assassínio de Yitzhak Rabin bloqueou as negociações de paz, e, por isso, até hoje, o processo continua paralisado. Penso que o cinema não é apenas entretenimento e permite refletir sobre a realidade. Às vezes, o facto de evocarmos memórias é importante, pode fazer-nos avançar neste período de grande hostilidade que vivemos atualmente”, afirmou o realizador israelita.

Yitzhak Rabin fica para história como o político que fez avançar o processo de paz ao assinar em 1993 os acordos de Oslo com Yasser Arafat.

“O filme é um apelo ao respeito pelo outro, para que cada um não fique fechado nas suas próprias crenças como se o Deus do outro não existisse. Isso é uma atitude unilateral. Para que haja reconciliação, é preciso compreender o outro. É esse o tema do meu filme”, acrescentou o cineasta israelita.

A longa-metragem de Amos Gitai integrou a seleção oficial do Festival Internacional de Veneza, tem sido apresentado em vários festivais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Documentário sobre lavagem ao cérebro de jovens nas mesquitas do Paquistão premiado no FIDH em Genebra

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica