EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Casa da Arquitectura: uma casa para todos

Casa da Arquitectura: uma casa para todos
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O antigo Quarteirão da Real Vinícola de Matosinhos foi totalmente reabilitado para acolher acervos de arquitectos mais ou menos conhecidos, conferências e exposições

PUBLICIDADE

“Não é a casa dos arquitectos, é a Casa da Arquitectura “. A frase é de Guilherme Pinto, antigo autarca de Matosinhos, que morreu em janeiro deste ano.
É com este mote que abre portas em Matosinhos, o centro português desta forma de arte, instalado num edifício que estava abandonado há mais de 80 anos com mais de 100 anos de história.

O antigo Quarteirão da Real Vinícola de Matosinhos foi totalmente reabilitado para acolher acervos de arquitectos mais ou menos conhecidos, conferências e exposições.

A primeira delas é PODER ARQUITECTURA .
São 36 projetos que mostram esta relação e que impacto têm sobretudo nas pessoas.

Algunas maquetas de la exposición Poder Arquitectura en la Casa da Arquitectura casa_arqui</a> <a href="https://t.co/IfAF9N3XCz">pic.twitter.com/IfAF9N3XCz</a></p>— Antonio S. Río Vázquez (ariovazquez) 19 novembre 2017

Nos três dias de inauguração, o convite foi feito a profissionais, especialistas e verdadeiros leigos na matéria.

Todo o processo que envolve a criação de uma obra de arquitectura é explicado, sobretudo através do vasto acervo . Contabilizam-se mais de 500 maquetes, painéis, desenhos, projetos, serigrafias de grandes nomes da Arquitectura como os prémios Pritzker Paulo Mendes da Rocha, Souto Moura e Álvaro Siza.

E o objetivo é também colocar cada vez mais o nome da arquitectura portuguesa no panorama internacional.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Edifício Digital abre portas ao mundo com rota pela Europa rumo ao oriente

Siza Vieira vai ter arranha-céus em Nova Iorque

Torre Eiffel celebra 130 anos