EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Uma Mulher Não Chora" dá Globo de Ouro à Alemanha

"Uma Mulher Não Chora" dá Globo de Ouro à Alemanha
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O filme de Fatih Akin consagrou o cinema alemão pela primeira vez desde 2009, ano em que "O Laço Branco", de Michael Haneke, arrecadou também o Globo de Ouro.

PUBLICIDADE

"Uma Mulher não Chora" foi o vencedor do Globo de Ouro deste ano para melhor filme estrangeiro na 75ª edição dos prémios da Imprensa Estrangeira em Hollywood.

Centrada na personagem Katja Sekerci, interpretada por Diane Kruger, a obra realizada por Fatih Akin faz uma reflexão no grande ecrã sobre o terrorismo e o radicalismo de extrema-direita com o luto de uma mulher pela morte do marido e do filho e o seu crescente desejo de vingança.

Em declarações prestadas este domingo na gala realizada em Beverly Hills, nos Estados Unidos, a atriz confessou que já esperava por um papel ao fim de 25 anos fora da Alemanha.

"Eu já esperava por um papel fora da Alemanha. Eu deixei o país há 25 anos, pelo que, de facto, não conheço muitas pessoas na indústria cinematográfica alemã. No entanto, ele [Fatih Akin] sempre foi o realizador dos meus sonhos, sempre. Por isso, fui ter com ele até Cannes há cinco anos para lhe implorar por um papel. E ele lembrou-se", confessou.

A Imprensa estrangeira em Hollywood rendeu-se à obra de Fatih Akin e deu assim à Alemanha a sua primeira vitória desde 2009, quando Michael Haneke também triunfou na mesma categoria com o filme "O Laço Branco".

"É, de facto, um filme que aborda o radicalismo de extrema-direita, o nazismo e também o racismo, que se tornou não apenas um problema alemão, mas um problema mundial. É, por um lado, um filme alemão, feito com apoios alemães, mas que está ter impacto em todo o mundo", afirmou Fatih Akin.

O desempenho no filme valeu já a Diane Kruger, de 41 anos, o prémio de melhor atriz no último Festival de Cannes. Agora, todas as atenções estão centradas no dia 23 de janeiro, quando forem conhecidas as nomeações para os Óscares, sendo que a película alemã está entre a lista de nove finalistas.

"Uma Mulher Não Chora" tem estreia marcada em Portugal para o dia 18 de janeiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon