EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Andrew Vajna: O adeus do produtor de "Rambo"

Andrew Vajna: O adeus do produtor de "Rambo"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Andrew Vajna morreu em Budapeste, no domingo (20 janeiro), aos 74 anos, vítima de doença prolongada.

PUBLICIDADE

O mundo do cinema lamenta o desaparecimento do produtor Andrew Vajna.

Nasceu em Budapeste, na Hungria, em 1944 e aos 12 anos emigrou sozinho para o Canadá, com o apoio da da Cruz Vermelha. Entrou para a indústria cinematográfica, depois de passar pela Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

Em meados dos anos 70, do século passado, fundou, com o produtor libanês Mario Kassar a "Carolco Pictures" e produziu grandes êxitos de bilheteira.

Os filmes de Rambo, com Sylvester Stallone, catapultaram-no para as luzes da ribalta. O primeiro filme teve um orçamento de 15 milhões de dólares e arrecadou 125,2 milhões nas bilheteiras. "Rambo II - A vingança do herói" foi lançado em 1985 e rendeu mais de 300 milhões de dólares, em todo o mundo.

A colaboração com Arnold Schwarzenegger nos filmes "Desafio Total" e "Exterminador Implacável" gera centenas de milhões de dólares nas salas de cinema.

O toque de midas de Andrew Vajna foi continuando a dar frutos. Em 1996 produziu o drama musical "EVITA", com Madonna a encarnar Eva Perón, com Alan Parker a assinar a realização e com música de Andrew Lloyd Webber. O filme rendeu mais de 141 milhões de dólares, nas bilheteiras de todo o mundo.

Nos últimos anos, Vajna regressou à Hungria onde liderou a indústria cinematográfica húngara, enquanto comissário do Governo do primeiro-ministro Viktor Orbán.

Sob a sua orientação, vários filmes húngaros conquistaram centenas de prémios internacionais.

Exemplo disso, "O Filho de Saul" que arrecadou o Grand Prix, em Cannes, e o Oscar para Melhor Filme Estrangeiro.

Andrew Vajna morreu em Budapeste, no domingo (20 de janeiro), aos 74 anos, vítima de doença prolongada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica

Realizador alemão Wim Wenders recebe Prémio Lumière em Lyon