Cerimónia dos Bafta escolhes os melhores do cinema este fim de semana

Cerimónia dos Bafta escolhes os melhores do cinema este fim de semana
Direitos de autor Searchlight Pictures via AP
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

"Nomadland", um dos filmes do ano, partilha com a surpresa "Rocks" o título dos mais nomeados na entrega dos prémios britânicos da sétima arte

PUBLICIDADE

São entregues este fim de semana os prémios do cinema britânico. A cerimónia dos Bafta reúne este ano uma série de filmes brilhantes que não tiveram possibilidade de ser mostrados em salas de cinema devido à pandemia.

Entre os grandes favoritos para Melhor filme está “Nomadland: Sobreviver na América”, quase um "road movie" às costas da atriz Frances McDormand, com realização da chinesa Chloé Zhao, uma das quatro cineastas nomeadas para o Bafta de melhor realização.

Entre as outras três, destaque para Sarah Gavron, com “Rocks”, a história de dois irmãos menores de idade, que se veem abandonados pela mãe em Hackney, Londres, e nos conta a luta da mais velha para evitar que os dois sejam apanhados pelos serviços sociais britânicos e separados.

Tal como “Nomadland”, “Rocks” recebeu sete nomeações, incluindo Bukky Bakray, de 19 anos, para melhor atriz.

Nomeado para melhor ator, entre estrelas como sir Anthony Hopkins ou Mads Mikkelsen, encontramos Riz Ahmed, um londrino descendente de paquistaneses que conseguiu uma excelente interpretação de um baterista de rock que fica surdo e tem de encontrar um novo sentido para a vida, em “Sound of Metal”, filme com quatro nomeações.

"Quando se toca bateria no ecrã, estamos mesmo a tocar a bateria. Por isso foi preciso passar pelo processo de preparação. Todos os personagens no filme fazem parte da comunidade surda e os atores vieram também dessa comunidade. Por isso conseguimos uma certa autenticidade nas filmagens e isso permitiu-nos de certa forma viver mesmo a história", contou Riz Ahmed.

Por fim, na categoria para melhor filme em língua não inglesa, destacamos entre os cinco nomeados uma co-produção europeia sobre a guerra nos Balcãs.

"Quo Vadis, Aida?" centra-se em Srebrenica, no período antes do massacre que chocou o mundo e que envergonha a Europa.

A cerimónia de entrega dos Bafta começa este sábado à noite e termina no domingo à noite.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Certificado de imunidade é exigido para ir ao cinema em Budapeste

Prémio Público Jovem da Academia do Cinema Europeu

Cinema no feminino