França inova no Bocuse d'Or

Naïs Pirollet
Naïs Pirollet Direitos de autor JEFF PACHOUD/AFP or licensors
Direitos de autor JEFF PACHOUD/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

É a primeira vez que uma mulher representa o país no prestigiado concurso gastronómico

PUBLICIDADE

No ano passado, Naïs Pirollet tornou-se num símbolo da cozinha francesa contemporânea. Foi a primeira mulher a vencer o Bocuse d'Or em França, um dos mais prestigiados concurso de gastronomia mundial

A chef tem agora 24 anos, mas foi aos 17 que terminou com distinção o curso no Instituto Bocuse, uma das mais famosas escolas de culinárias do mundo, em Lyon.

Depois da competição nacional, Naïs prepara-se para representar o seu país na competição europeia que acontece nos dias 23 e 24 de março em Budapeste.

E o treino não é feito apenas na cozinha. Também faz parte uma corrida com os dois colegas de equipa para que a preparação física seja uma aliada durante a prova. 

Em Budapeste, Naïs terá 5h35 para confecionar dois pratos ao lado de 16 equipas, todas lideradas por homens.

A responsabilidade é grande e o sonho é ficar na história tal como Paul Bocuse, um dos símbolos da cidade de Lyon, considerado o pai da gastronomia francesa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Paul Bocuse perde terceira estrela Michelin

Dinamarca ganha Bocuse de Ouro

Alguém aceita um café gerado por inteligência artificial?