EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Realizador João Canijo conquista Urso de Prata na Berlinale

João Canijo, realizador e argumentista, apresenta o Urso de Prata do Júri para o filme "Mal Viver" após a cerimónia de entrega de prémios da Berlinale
João Canijo, realizador e argumentista, apresenta o Urso de Prata do Júri para o filme "Mal Viver" após a cerimónia de entrega de prémios da Berlinale Direitos de autor Markus Schreiber/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Markus Schreiber/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews com Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Realizador português triunfou no Festival de Cinema de Berlim com filme “Mal Viver”

PUBLICIDADE

João Canijo, o realizador do filme "Mal Viver", conquistou, este sábado, o Urso de Prata para prémio do júri do 73.º Festival de Cinema de Berlim, anunciou o júri na cerimónia de palmarés.

Canijo participou na competição do festival com duas longas-metragens interligadas, que estrearam em secções distintas: "Mal Viver" esteve na competição oficial e "Viver Mal" na secção Encontros, dedicada a "novas visões cinematográficas."

O júri da competição internacional da Berlinale deste ano foi presidido pela atriz norte-americana Kristen Stewart e composto pela atriz iraniana Golshifteh Farahani, pela realizadora alemã Valeska Grisebach, pelo romeno Radu Jude, pela diretora de 'casting' norte-americana Francine Maisler, pela realizadora espanhola Carla Simón e pelo realizador de Hong Kong Johnnie To.

António Costa saúda "merecido reconhecimento"

O primeiro-ministro, António Costa, saudou a atribuição do Urso de Prata ao filme “Mal Viver”, falando num “merecido reconhecimento internacional” com uma “obra marcante e de grande maturidade”.

O chefe de Governo divulgou esta mensagem através da rede social Twitter, pouco depois do anúncio pelo júri do 73.º Festival de Cinema de Berlim do prémio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Berlinale arranca com "Small Things Like These"

O que se passa com o Festival de Cinema de Berlim e o partido de extrema-direita alemão AfD?

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023