EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Stranger Things e os méritos da RCP: que truques úteis podemos aprender com a televisão e os filmes?

Que truques de vida podem ser aprendidos com a televisão e os filmes? (Da esquerda para a direita: American Pyscho, Stranger Things, Titane)
Que truques de vida podem ser aprendidos com a televisão e os filmes? (Da esquerda para a direita: American Pyscho, Stranger Things, Titane) Direitos de autor Lions Gate Films - Netflix - Diaphana Films / Wilb Bunch International
Direitos de autor Lions Gate Films - Netflix - Diaphana Films / Wilb Bunch International
De  David Mouriquand
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Esta semana, um rapaz salvou um homem que se estava a afogar utilizando uma técnica de RCP que aprendeu enquanto via a série de sucesso da Netflix, Stranger Things. Que outros truques valiosos podem ser aprendidos no mundo da televisão e dos filmes?

PUBLICIDADE

Não acredites em tudo o que vês nos filmes e na televisão, é o que dizem.

Pois bem, por vezes os grandes e pequenos ecrãs podem ensinar-nos algumas lições de vida muito valiosas. Como prova o caso de Austen Macmillan, de 12 anos.

Esta semana, na Florida, EUA, o adolescente salvou um homem que se estava a afogar utilizando uma técnica de reanimação que viu na série de sucesso da Netflix, Stranger Things.

O terapeuta comportamental de Austen, Jason Piquette, de 30 anos - que acompanha Austen na terapia de análise comportamental aplicada - estava a nadar na piscina de Macmillan com Austen, no âmbito das horas de trabalho em conjunto de ambos. Enquanto nadavam, Piquette susteve a respiração debaixo de água durante demasiado tempo e perdeu os sentidos. Austen teve então a presença de espírito de efetuar compressões torácicas em Piquette, uma técnica que mais tarde revelou ter aprendido ao ver Stranger Things - a cena em que Jim Hopper e Joyce Byers (David Harbour e Winona Ryder) administram RCP - Reanimação Cardiopulmonar - ao jovem Will Byers (Noah Schnapp).

E funcionou. Piquette recuperou a consciência e foi posteriormente levado para um hospital, onde ficou internado na unidade de cuidados intensivos, e lhe foi administrado oxigénio durante a noite.

A história desta pequena lenda faz pensar em todas as capacidades que se podem adquirir ao ver programas de televisão e ao ir ao cinema.

É certo que nem todas as afirmações no ecrã são exatas ou contêm lições vitais. Há muito trabalho artístico, e algumas dicas não salvam vidas por si só.

Afinal de contas, o Parque Jurássico ensina-nos que a eletrocussão não é nada de especial; O Exorcista aconselha a não se meter com tabuleiros Ouija - mas por mais que eu tenha tentado ao longo dos anos, nenhum Capitão Howdy se fez notar; não há muitas ocasiões em que o problema do jarro de água em Die Hard With A Vengeance seja útil.

Falemos de alguns truques essenciais para a vida que se aprendem na televisão e nos filmes - os que funcionam, são perfeitos e podem ser aplicados no dia a dia para realmente fazer a diferença.

Como administrar corretamente a RCP - Como visto em: The Office e 'Titane'

Quando vê filmes ou programas de televisão, a sabedoria recebida parece ser a de que a RCP funciona sempre e salva as pessoas muito rapidamente. Nem sempre é esse o caso, e não se acorda e retoma a conversa anterior após algumas compressões torácicas. Pode levar até 20 minutos para funcionar.

Austen pode ter aprendido RCP em _Stranger Thing_s, mas os fãs de TV mais antigos devem lembrar-se da versão americana de The Office ensinando como reanimar alguém. Michael Scott (Steve Carell) canta "Stayin' Alive' dos Bee Gees enquanto pratica num boneco - e acertou em cheio.

A forma correta de realizar a RCP é fazer 30 compressões torácicas seguidas de duas respirações - tudo a 100-120 compressões / batimentos por minuto. Músicas como "Stayin' Alive", tal como "Macarena" de Los Del Rio, como se vê no brilhante filme de Julia Ducournau, vencedor de Cannes, Titane.

O bombeiro de Vincent Lindon (também chamado Vincent) ensina o seu "filho" Adrien (Agathe Rousselle) a reanimar alguém ao som da música de rumba flamenca de 1993.

Desde então, já não consigo pensar nos passos de dança - estou a fazer compressões imaginárias.

Como se defender no caso de um ataque - Como visto em: 'Miss Simpatia'

Warner Bros.
Sandra Bullock a testar a técnica S.I.N.G.Warner Bros.

Riam-se à vontade, mas a agente secreta do FBI Grace Hart, de Sandra Bullock, tem algumas capacidades que vale a pena memorizar. Ela até tem um acrónimo útil para uma tática precisa em caso de ataque: S.I.N.G.

Que significa: Solar plexus, Instep, Nose, Groin - Plexo solar, Peito do pé, Nariz, Virilha (em prtuguês). Por esta ordem.

Siga estes passos e maximizará as suas hipóteses de escapar ileso a um agressor.

Como evitar um processo judicial - Como visto em: 'Spider-Man'

Columbia TriStar Film Distributors
A rir dos FACTOSColumbia TriStar Film Distributors

O Homem -Aranha de Sam Raimi, de 2002, vê o chefe da editora e patrão de Peter Parker, J. Jonah Jameson (J.K. Simmons), a deixar cair algum conhecimento.

PUBLICIDADE

"A calúnia é falada. Na imprensa, é calúnia."

Provavelmente, ele é bem versado em ambos, mas isso não o impede de estar correto.

Como fazer o molho de massa perfeito - Pt. 1 - Como visto em: 'Goodfellas'

É claro que há pessoas melhores para se aconselhar do que chefes da máfia presos, mas isso não significa que eles não falem algo sensato de vez em quando. Especialmente quando se trata de dar conselhos sobre o molho de massa perfeito.

Sem o uso de facas de cozinha - justamente consideradas contrabando na prisão - Pauli (Paul Sorvino) consegue cortar o alho o mais fino possível usando uma lâmina de barbear. O truque é conseguir que as fatias de alho fiquem o mais finas possível para que se liquidifiquem na frigideira cheia de óleo.

Pessoalmente, sou fã de fatias mais grossas, mas tendo testado este método (sem a utilização de uma lâmina de barbear, tenho vergonha de o dizer), funciona e sabe muito bem. Mas, mais uma vez, quanto mais alho, melhor.

PUBLICIDADE

Como fazer o molho de massa perfeito - Pt. 2 - Como visto em: 'O Padrinho'

Paramount Pictures
Nunca mais vai querer sem açúcarParamount Pictures

Continuando com o crime italiano... E este, eu juro.

Apesar de as fatias de alho do Goodfellas serem um pouco exageradas para o meu gosto, depois de descobrir o truque de vida oferecido pelo Padrinho, não vai querer voltar atrás.

Clemenza (Richard Castellano) ensina Michael Corleone a fazer um bom molho de esparguete: "Vem cá, miúdo, aprende alguma coisa. Nunca se sabe, um dia podes ter de cozinhar para 20 tipos. Sabes, começas com um pouco de óleo. Depois frita-se um pouco de alho. Depois deitamos alguns tomates, pasta de tomate, fritamos; certificamo-nos de que não se agarram. Põe-se a ferver, mete-se a salsicha e as almôndegas, e um pouco de vinho. E um bocadinho de açúcar, e este é o meu truque".

Um quarto de chávena deve ser suficiente, e aquela pitada extra de açúcar faz toda a diferença.

E já que estamos a falar de massa, se aprendi alguma coisa sobre comida no cinema, é que, ao contrário do que se pensa, o esparguete facilita os amassos. Sim, por vezes é um alimento confuso, mas se funcionou para A Dama e o Vagabundo, que mais provas são precisas?

PUBLICIDADE

Como não parecer mal-educado numa refeição chique - Como visto em: "Titanic

Twentieth Century Fox
Deus te abençoe, Molly BrownTwentieth Century Fox

Continuando com o tema da comida, chegamos às boas maneiras à mesa, que podem ser complicadas - especialmente quando se está num jantar formal.

Agradeça às estrelas por Kathy Bates em Titanic.

Quando Jack (Leonardo DiCaprio) parece confuso com a disposição dos talheres e com o garfo que deve usar durante a sua primeira experiência num jantar de primeira classe, Molly Brown (Bates) orienta-o de forma útil para que não cometa nenhuma gafe em frente aos convidados arrogantes.

Ela resume lindamente a etiqueta dos garfos e chama a atenção para o ridículo inerente a uma apresentação elegante e desnecessariamente complicada: "Comece de fora para dentro".

Como não secar o rosto com aftershave - Como visto em: 'American Psycho'

Lions Gate Films
Psicopata ou não, ele tem algumas dicas de belezaLions Gate Films

Mais uma vez, há melhores modelos a seguir, mas os conselhos são bons sempre que os podemos aceitar.

PUBLICIDADE

Antes de vermos o nosso psicopata titular, Patrick Bateman (Christian Bale), entrar numa onda assassina e sangrenta (ou será que entrou?), testemunhamos a sua rotina diária de exercícios e mimos no início do filme.

É durante a sua rotina de cuidados com a pele que ele nos transmite um conhecimento vital: manter a cara fresca usando aftershave sem álcool, uma vez que o álcool seca a pele e não é assim tão bom para os poros. Vale a pena ter isso em mente... Isso e ter um bom hidratante se não conseguir encontrar o seu perfume preferido sem álcool.

Como impressionar a família e os entes queridos com o seu conhecimento do calendário gregoriano - Como visto em: 'RENT'

A adaptação cinematográfica do musical RENT também apresenta a canção de sucesso 'Seasons of Love',  que ensina que há 525.600 minutos num ano.

Uma boa trivialidade que deve ser útil se alguma vez quiseres declarar o teu amor a alguém e dizer-lhe o quanto pensas nessa pessoa... Ou se estiveres a tentar destruir psicologicamente alguém, dizendo-lhe que há 525.600 minutos num ano civil (não bissexto) e que não queres desperdiçar um único e precioso minuto a conversar com essa pessoa.

Como fazer fogo com o essencial - Como visto em: Orange Is The New Black

Netflix
Quando é preciso fogo...Netflix

Precisa de uma luz ou está desesperado por fazer fogo num sítio apertado?

PUBLICIDADE

Bem, se tem visto a comédia dramática da prisão da Netflix baseada nas memórias de Piper Kerman, sabe que tudo o que precisa é de uma embalagem de pastilha elástica e uma pilha.

Chama-se Litchfield Lighter.

Pega-se numa pilha e numa embalagem dobrada ao meio. Depois, encosta-se as extremidades às extremidades da pilha. O lado da folha de alumínio incendeia o lado do papel e obtém-se uma chama.

Como se livrar de manchas de tinta - Como visto em: Casa Cheia

Warner Bros. Television
Sabedoria da Full HouseWarner Bros. Television

A sitcom americana dos anos 80/90, Full House, era essencialmente uma versão actualizada de The Brady Bunch e nunca foi um grande sucesso de crítica.

No entanto, na quarta temporada, o protagonista Danny (Bob Saget) namora com Cindy (Debra Sandlund), que lhe ensina um truque que ajudará qualquer pessoa que esteja a lutar contra uma nódoa de tinta: a laca remove as manchas de tinta.

PUBLICIDADE

É um truque interessante para todos os aspirantes a deuses e deusas domésticos, e funciona mesmo.

Como reparar um relógio avariado - Como visto em: 'Alice no País das Maravilhas'

Disney
O Chapeleiro Louco ensina a reparar um relógio que não funcionaDisney

Manteiga.

Use manteiga.

E se isso não funcionar, tente chá.

A seguir vem a compota.

PUBLICIDADE

Mas não use mostarda - "Isso é uma parvoíce!"

Como melhorar a sua saúde mental - Como visto em inúmeros filmes

ABC - Sony Pictures Classics
Os sábios Sr. Cooper e Sr. PerlmanABC - Sony Pictures Classics

Os filmes e os programas de televisão, como já aprendemos, não se limitam a entreter - também ensinam.

Há algumas citações inspiradoras de vários filmes que podem ser verdadeiramente reveladoras e ajudar nas lutas do dia a dia. Mais do que isso, não é exagero afirmar que alguma sabedoria transmitida pelo cinema pode mudar a vida, alterando a forma como se vê a vida e como nos vemos a nós próprio, e ajudar efetivamente na saúde mental.

Desde The Breakfast Club ("Passem um pouco mais de tempo a tentar fazer algo por vocês próprios e um pouco menos de tempo a tentar impressionar as pessoas") e Dead Poet's Society ("Carpe Diem. Aproveitem o dia. Tornem as vossas vidas extraordinárias") até The Perks of Being a Wallflower ("Aceitamos o amor que achamos que merecemos"), algumas frases conseguem tocar o coração.

Para mim, estas três frases seguintes destacam-se.

PUBLICIDADE

A primeira é uma lição importante para todos os que tentam singrar na economia atual: "Se és bom em alguma coisa, nunca o faças de graça", disse o Joker em O Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan.

Por vezes, os anarquistas têm ouro para dar - especialmente se tivermos de enfrentar chefes sem escrúpulos e mesquinhos.

A segunda é menos prosaica, mas igualmente sábia. Também continua a trazer-me lágrimas aos olhos sempre que a ouço ou leio:

"Arrancamos tanto de nós próprios para nos curarmos de coisas mais depressa do que deveríamos, que vamos à falência aos trinta anos e temos menos para oferecer de cada vez que começamos com alguém novo. Mas obrigarmo-nos a não sentir para não sentirmos nada, que desperdício! (...) O nosso coração e o nosso corpo só nos são dados uma vez. E, quando damos por isso, o coração está gasto e, quanto ao corpo, chega uma altura em que ninguém olha para ele e muito menos quer aproximar-se dele. Neste momento, há tristeza, dor. Não a mates, e com ela a alegria que sentiste".

Belas palavras do pai de Elio (Michael Stuhlbarg), falando com o filho sobre os méritos de não ignorar a dor presente, em Chama-me Pelo Teu Nome - o impressionante filme de Luca Guadagnino, adaptado do igualmente comovente romance de André Aciman.

PUBLICIDADE

E o terceiro é da série televisiva seminal de David Lynch e Mark Frost, Twin Peaks, que vê o agente Dale Cooper (Kyle MacLachlan) proferir uma frase para a história: "Todos os dias, uma vez por dia, dá um presente a ti próprio. Não o planeies. Não esperes por ele. Deixa-o acontecer. Pode ser uma camisa nova na loja de roupa masculina, uma sesta na cadeira do escritório ou duas chávenas de café preto bem quente".

Parece uma parvoíce, mas pense nisso e em quantos cuidados pessoais negamos a nós próprios diariamente.

E chamavam à televisão a "caixa de idiotas"...

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Stranger Things" chega ao teatro do West End em Londres

Denunciantes, eco-ativistas e irmãs beijoqueiras: Estes são os melhores filmes de 2023... Até agora

Morreu aos 88 anos o ator Donald Sutherland