This content is not available in your region

O verdadeiro custo dos produtos em termos de biodiversidade

euronews_icons_loading
O verdadeiro custo dos produtos em termos de biodiversidade
Direitos de autor  euronews
De  Jeremy Wilks  & euronews

A primeira parte da cimeira da biodiversidade da ONU decorre em Kunming, na China.

Para assinalar o evento, a euronews reuniu especialistas da China e da Europa num debate especial. Aqui ficam alguns dos destaques do evento. “Há uma tomada de consciência sem precedentes sobre a nossa interdependência em relação à natureza, aos ecossistemas e à biodiversidade devido à crise da pandemia. É importante que as pessoas estejam mais conscientes das escolhas que fazem, do tipo de produtos que compram, do que consomem, e que saibam se escolhas que fazem têm ou não um impacto positivo na biodiversidade”, sublinhou Meriem Bouamrane, diretora da secção de política e investigação em Ecologia e Biodiversidade da Unesco.

O verdadeiro custo dos produtos e a biodiversidade

Será necessário avaliar o custo para a natureza dos produtos que compramos? Foi uma das questões discutidas durante o debate.

“Esse tipo de abordagem cria condições para que, por exemplo, os alimentos cultivados em modo biológico sejam mais baratos do que os convencionais que terão de arcar com esses custos", referiu Josef Settele, professor de Ecologia do Centro de Investigação Ambiental IPBES & Helmholtz.

“A COP15 é um momento fundamental para a China, que poderá desempenhar o papel de país anfitrião, unir as diferentes visões do mundo, ultrapassar as diferenças, para que possamos chegar a acordo sobre um enquadramento para a biodiversidade global no próximo ano em Kunming. Poderá ser algo transformador e ambicioso de modo a concretizar as metas de conservação da natureza de que todos nós precisamos", sublinhou Li Lin, diretor de política Global e de Defesa da WWF Internacional.