This content is not available in your region

Fotógrafo alerta para importância da saúde dos oceanos

euronews_icons_loading
Uma raia esconde-se na areia ao largo da costa do Líbano (foto de arquivo)
Uma raia esconde-se na areia ao largo da costa do Líbano (foto de arquivo)   -   Direitos de autor  IBRAHIM CHALHOUB/AFP or licensors
De  Rodrigo Barbosa  com Lusa

A saúde dos oceanos é primordial para a saúde do planeta. 

A mensagem vem do fotógrafo subaquático David Doubilet, uma verdadeira "autoridade" na matéria, com cinco décadas a documentar a evolução de ecossistemas marinhos nos quatro cantos do planeta para a revista National Geographic.

O aquecimento global é tudo uma questão de água e das mudanças na água. E a água, claro, porque vivemos num planeta oceânico, é vida.

Este é um planeta oceânico: não o Planeta Terra, mas o Planeta Oceano. E as alterações nos oceanos estão diretamente ligadas à nossa sobrevivência.
David Doubilet
fotógrafo

Em entrevista à agência Lusa, à passagem por Lisboa, Doubilet e a companheira, a bióloga e fotojornalista Jennifer Hayes deixaram também uma mensagem para os líderes que participarão, no fim de junho, na segunda Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, que terá lugar na capital portuguesa.

Ultrapassámos tantos limites, mas haverá um limite final, no qual o ponto de inflexão se torna tão mau que nos perguntamos: quão catastrófico se pode tornar?

A certa altura, os políticos precisam de tomar as decisões difíceis, que poderão ser impopulares [...] e acho que têm medo de tomar essas decisões. Mas é preciso aceitar a ciência.
Jennifer Hayes
bióloga e fotojornalista

Para Doubilet et Hayes, ao nível do cidadão comum, as mudanças necessárias "começam pelas escolhas pessoais", seja através do voto, como de pequenas decisões, por exemplo a redução do uso de plásticos no quotidiano.

Em Lisboa, os dois fotógrafos apresentaram o projeto "Coral Através da Lente do Tempo", no qual comparam fotografias tiradas há uma ou duas décadas com outras recentes nos mesmos locais, para mostrar as mudanças nos oceanos, quase sempre marcadas pela degradação.

Editor de vídeo • Rodrigo Barbosa