EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Espanha teve em 2022 ano mais quente de sempre

Praia de Barceloneta, em outubro do ano passado
Praia de Barceloneta, em outubro do ano passado Direitos de autor JOSEP LAGO/AFP or licensors
Direitos de autor JOSEP LAGO/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Termómetros ultrapassaram repetidamente os 40 graus em várias partes do país

PUBLICIDADE

Fogos florestais e secas marcaram o quotidiano em Espanha em 2022, ano mais quente no país desde que há registo.

Ao mesmo tempo que outros países europeus enfrentavam fenómenos metereológicos extremos, Espanha registou no ano passado uma temperatura média de cerca de 15,5 graus centígrados, o valor mais alto desde 1916.

De maio a outubro repetiram-se as vagas de calor, com as temperaturas máximas a ultrapassar os 40 graus em muitas partes do território espanhol. 

Em várias cidades do norte, o Ano Novo ficou também marcado por novos recordes de temperatura.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Congresso espanhol rejeita moção de censura ao governo

Espanha registou 22 mil mortes relacionadas com o calor nos últimos oito anos. Como é que um novo mapa pode ajudar?

Abril bate recordes de temperatura global pelo 11º mês consecutivo. Qual o papel do El Nino?