EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Negócio nuclear entre a Hungria e a Rússia examinado pela UE

Negócio nuclear entre a Hungria e a Rússia examinado pela UE
Direitos de autor 
De  Isabel Marques da Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Um negócio entre a Hungria e a Rússia para a construção de dois novos reatores numa central de energia nuclear poderá ser bloqueado por Bruxelas. O governo de Budapeste poderá ter violado as regras de

PUBLICIDADE

Um negócio de 12 mil milhões de euros entre a Hungria e a Rússia, para a construção de dois novos reatores numa central de energia nuclear, poderá ser bloqueado pela Comissão Europeia (CE).

De acordo com uma notícia do jornal Financial Times, esta segunda-feira, o governo de Budapeste pode ter violado as regras de concorrência comunitárias.

Uma porta-voz do executivo europeu, Anna-Kaisa Itkonen, disse que “a entrega do projeto de expansão da central nuclear de Paks sem concurso público é do conhecimento da CE e os serviços já estão a examinar esta questão. Pedimos também esclarecimentos às autoridades húngaras.”

A Hungria tem grande dependência energética da Rússia, tema abordado na visita do presidente russo a Budapeste, na semana passada.

Mas este negócio não ajuda a desanuviar a tensa relação do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, com Bruxelas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Competitividade jurídica em foco na reunião informal dos ministros da Justiça da UE

Descida alarmante do nível da água na barragem de Messara, em Creta

Novo estudo revela que cruzeiros poluem mais do que aviões e carros