EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Merkel admite reforço das sanções contra a Rússia

Merkel admite reforço das sanções contra a Rússia
Direitos de autor 
De  Isabel Marques da Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A crise russo-ucraniana foi um dos temas dominantes da reunião da chanceler alemã, Angela Merkel, com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, esta quarta-feira, em Bruxelas.

PUBLICIDADE

A crise russo-ucraniana foi um dos temas dominantes da reunião da chanceler alemã, Angela Merkel, com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, esta quarta-feira, em Bruxelas.

Dando a entender que poderá haver um reforço das sanções contra a Rússia, Angela Merkel disse que “no que se refere à implementação do acordo de Minsk, há uma ligação entre as atuais sanções e a implementação completa do acordo”.

“Um dos pontos é que as autoridades da Ucrânia voltem a ter acesso à fronteira russo-ucraniana, o que – pelo menos em parte – não é possível neste momento. A integridade territorial ucraniana só estará restabelecida quando as autoridades ucranianas controlarem novamente toda a fronteira”, acrescentou.

A chanceler alemã e Jean-Claude Juncker discutiram também outros temas da atualidade europeia, tais como a extensão do resgate da Grécia e as negociações sobre o acordo de livre comércio entre a União Europeia e Estados Unidos da América.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novo estudo revela que cruzeiros poluem mais do que aviões e carros

Patriotas de extrema-direita destituídos dos principais cargos parlamentares

Comboios de transporte de automóveis são opção de viagem ecológica pouco conhecida na Europa