This content is not available in your region

Crianças e jovens exploram mundo da robótica na Eslováquia e na Áustria

De  Aurora Velez  & euronews
euronews_icons_loading
Crianças e jovens exploram mundo da robótica na Eslováquia e na Áustria
Direitos de autor  euronews

Nos arredores do centro histórico de Bratislava, uma centena de alunos da Eslováquia e da Áustria reuniu-se para participar num workshop dedicado à robótica.

Estudantes de várias idades tiveram a oportunidade de aprender, de forma lúdica, programação, ciência, tecnologia, engenharia e matemática. 

Um grupo de alunos da Áustria passou meses a construir um protótipo que agarra e move objetos. “Funciona como uma mão. Aprendemos muitas coisas ao nível da programação e da mecânica. Por exemplo, este braço, não precisa de engrenagens para se mover. Utiliza apenas braços de elevação. Foi bastante interessante descobrir esta forma de construção", contou Konstantin Lindofer, um dos estudantes austríacos que participou na iniciativa.

O projeto europeu transfronteiriço RoboCoop

A iniciativa faz parte do Projeto Europeu Robocoop. Uma iniciativa que reúne a Eslováquia e a Áustria e que representa um investimento de cerca de 1 milhão de euros. 85% do montante provém da política de coesão da União Europeia. Mais de três mil alunos e professores participaram nos ateliês, seminários e concursos realizados no âmbito do projeto. O objetivo é chegar aos 4 mil estudantes.

A euronews acompanhou um grupo de participantes com idades entre os 10 e 14 anos vindos de Viena. Acompanhados por um professor, os alunos observaram o trabalho dos mais velhos e participaram num workshop de programação.

"Penso que a programação deveria fazer parte do nosso currículo nacional em todas as escolas, para que as crianças possam começar muito cedo a interiorizar esta prática. Para que as crianças possam ter um bom emprego no futuro, é importante que saibam fazer estas coisas", disse à euronews Maximilian Woss, professor austríaco.

Emoções e descobertas científicas

Os estudantes tiveram a oportunidade de assistir a conferências sobre segurança cibernética e proteção de dados. Um programa recheado de emoções e descobertas, onde o mais importante é a diversidade de competências que são estimuladas através de diferentes tarefas.

"É um monte de coisas combinadas. Construção mecânica, programação, documentação, escrever um artigo para a nossa conferência e apresentar o artigo, as capacidades de apresentação também são importantes para os estudantes. Tentamos abordar vários domínios e áreas diferentes de aprendizagem", explicou Wilfried Lepuschitz, coordenador do projeto Robocoop.