Estado da União: a ajuda à Ucrânia e a invasão de Brasília

Access to the comments Comentários
De  euronews
Tanques ucranianos na região de Donetsk
Tanques ucranianos na região de Donetsk   -   Direitos de autor  Evgeniy Maloletka/Copyright 2020 The AP. All rights reserved

Os países ocidentais começam a perceber que terão que fazer mais para ajudar a Ucrânia a libertar o seu território da ocupação russa. Mas como? A Alemanha e os Estados Unidos concordaram recentemente em enviar veículos de combate de infantaria para a Ucrânia, mas o governo de Kiev quer tanques de guerra. E é aqui que os aliados diferem e ninguém parece pronto para o fazer sozinho. A Polónia e a Grã-Bretanha planeiam enviar tanques pesados para a Ucrânia, mas querem "trabalhar com parceiros".

Este é um dos temas em destaque nesta edição do Estado da União. Em análise está também os acontecimentos em Brasília, onde uma multidão de apoiantes de Jair Bolsonaro invadiram o Palácio dos Três Poderes. Para comentar o que se passou no Brasil, à semelhança do que aconteceu nos Estados Unidos, o jornalista Stefan Grobe entrevistou Panos Panayotu, cientista político e responsável pelo grupo de investigação sobre o populismo na Universidade de Loughboroughc, no Reino Unido.

"No Brasil essa campanha de desinformação já começou em outubro e depois na primeira volta e antes mesmo disso eles já estavam a construir essas narrativas para 'parar o roubo' e até pediam um golpe, se Bolsonaro perdesse a eleição", afirma Panos Panayotu.

(veja a entrevista na íntegra no vídeo)