EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Bruxelas faz propostas sobre emissões poluentes de veículos pesados

Tal como nos ligeiros, terá de ser aumentado o esforço para eletrificar os veículos pesados
Tal como nos ligeiros, terá de ser aumentado o esforço para eletrificar os veículos pesados Direitos de autor Charles Krupa/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Charles Krupa/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Gregoire LoryEfi Koutsokosta
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O transporte rodoviário é responsável por 20% das emissões de gases com efeito de estufa na União Europeia (UE) e por cerca de 30% do consumo de energia.

PUBLICIDADE

Depois dos automóveis, chegou a vez dos camiões e autocarros se juntarem ao esforço para tornar os transportes neutros em emissões poluentes, disse a Comissão Europeia, terça-feira, numa conferência de imprensa, em Bruxelas. Há duas propostas principais:

  • até 2030, os novos autocarros urbanos terão de deixar de emitir CO2
  • até 2040, os novos camiões terão de redzuir as emissões em 90%

"Devemos ter em conta as circunstâncias muito específicas ligadas às condições climáticas. Estamos a falar de meios de transporte que são muito, muito pesados. Por isso, necessitam de uma enorme quantidade de energia. Sabemos muito bem que em certas condições climáticas - por exemplo, com tempo frio - ou em regiões montanhosas, ainda deve ser possível continuar a usar motores de combustão", disse Frans Timmermans, vice-presidente da Comissão Europeia.

Terá, assim, de ser aumentado o esforço para eletrificar os veículos pesados, tanto de passageiros como de mercadorais.

O transporte rodoviário é responsável por 20% das emissões de gases com efeito de estufa na União Europeia (UE) e por cerca de 30% do consumo de energia.

Penso que devemos ser capazes de avançar mais depressa do que fomos em relação aos automóveis e fechar esta legislação durante este mandato.
Pascal Canfin
Eurodeputado liberal, França

As propostas foram bem acolhidas pelo Parlamento Europeu, que será agora chamado a analisá-las e a propor emendas.

"Nos autocarros, por exemplo, espero que haja amplo apoio das autoridades locais, de todos os partidos políticos, porque já antes apoiaram este tipo de iniciativa. Quanto aos camiões, há uma questão a ser resolvida: somos a favor de 90% ou de 100% de redução em 2040? Esta é apenas uma questão. Penso que devemos ser capazes de avançar mais depressa do que fomos em relação aos automóveis e fechar esta legislação durante este mandato", disse  Pascal Canfin, eurodeputado liberal francês, que preside à comissão parlamentar de Ambiente, em entrevista à euronews.

O Parlamento Europeu também aprovou legislação nesta área: os novos automóveis e pequenas carrinhas comerciais não poderão emitir gases poluentes a partir de 2035.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Congelada lei da UE sobre fim da venda de veículos a combustão

Emissões de CO2 bateram recordes em 2022

Ativista italiana candidata às eleições europeias passa para prisão domiciliária na Hungria