EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Poluição mata uma média de 1200 pessoas na Europa todos os anos

Uma nuvem de fumo envolve a capital francesa, Paris
Uma nuvem de fumo envolve a capital francesa, Paris Direitos de autor Francois Mori/AP
Direitos de autor Francois Mori/AP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Segundo o mais recente relatório da Agência Europeia do Ambiente, a poluição constitui o principal risco ambiental para a saúde dos menores reduzindo a esperança de vida

PUBLICIDADE

A poluição atmosférica causa mais de 1 200mortes prematuras por ano entre crianças e adolescentes na Europa.

Esta uma das conclusões do mais recente relatório da Agência Europeia do Ambiente (AEA) publicado esta segunda-feira.

O relatório acrescenta que, tal como para os adultos, a poluição constitui o principal risco ambiental para a saúde dos menores reduzindo a esperança de vida e aumentando igualmente o risco de doença em fases mais adiantadas da vida.

Apesar dos progressos feitos nos últimos anos, os níveis de alguns dos principais poluentes atmosféricos continuam acima das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), especialmente na Europa Central e Oriental, assim como em Itália.

Os efeitos da poluição do ar começam antes do nascimento, com a exposição materna à poluição do ar "ligada a nascimentos prematuros e a bebés com peso abaixo da média".

Após o nascimento, a poluição ambiental aumenta o risco de vários problemas de saúde, incluindo a asma - que afecta 9% das crianças e adolescentes na Europa - ou insuficiência respiratória e infecções, de acordo com o relatório.

O estudo abrange cerca de 30 países europeus, mas não inclui alguns como é o caso do Reino Unido ou a Ucrânia, o que sugere que o quadro continental é, na realidade, pior.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milão volta a ser considerada uma das cidades mais poluídas do mundo

Sarajevo lidera a lista das cidades mais poluídas do mundo

Ucrânia: desminagem nas linhas da frente deve demorar 12 anos