EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Presidente polaco propõe emendas a lei "anti-influência russa"

Presidente polaco, à direita, dá as boas-vindas ao presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy num encontro no Palácio Presidencial em Varsóvia.
Presidente polaco, à direita, dá as boas-vindas ao presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy num encontro no Palácio Presidencial em Varsóvia. Direitos de autor Czarek Sokolowski/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Czarek Sokolowski/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Iniciativa polémica mereceu críticas de Bruxelas e Washington.

PUBLICIDADE

O presidente polaco, Andrzej Duda, fez marcha-atrás e anunciou, esta sexta-feira, que propôs emendas de urgência à polémica lei "anti-influência russa" assinada esta semana.

Os críticos dizem que a lei viola a Constituição polaca e que pode impedir que opositores do governo ocupem cargos públicos sem poder total para contestar as decisões no tribunal.

"Proponho que as medidas corretivas sejam abolidas e que, em seu lugar, seja apenas mantida a declaração da Comissão de Inquérito, afirmando que uma pessoa que tenha agido sob influência russa não garante o desempenho adequado para funções públicas", sublinhou Duda.

A iniciativa mereceu críticas de Bruxelas e Washington.

Na forma atual, a lei criará uma poderosa comissão de inquérito destinada a investigar a influência da Federação Russa na política da Polónia nos últimos 15 anos.

O governo polaco diz que se destina a aumentar a transparência.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Argentina recebe medalha de ouro em Madrid, sem direito a honras de Estado

Barcelona vai acabar com o Alojamento Local. Em Portugal, medidas do “Mais Habitação” são revogadas

Chuvas recorrentes encharcam flores e dificultam produção de mel em França