Cólera dos agricultores em Espanha e França está para durar

Agricultores protestam em Paris
Agricultores protestam em Paris Direitos de autor Thomas Padilla/AP
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tratores podem voltar em força a Madrid este fim de semana, depois da mega-manifestação de quarta-feira. Em França, ameaçam bloquear o Salão da Agricultura.

PUBLICIDADE

Os protestos dos agricultores espanhóis espalham-se por vários pontos do país. Um grupo de produtores entrou em confronto com a polícia em Saragoça, esta quinta-feira, depois de ter tentado entrar no Conselho de Agricultura do Governo de Aragão.

Os agricultores de todo o país estão a protestar há duas semanas, levantando a voz contra o Pacto Ecológico Europeu, a importação barata de países onde esse acordo não existe e contra a burocracia em geral. Os agricultores falam de uma "lenta asfixia" do setor, não só em Espanha, mas em toda a UE.

No início desta semana, soube-se que as conversações entre o governo e os agricultores fracassaram e os agricultores consideram que o governo recusou as suas exigências. Na quarta-feira, realizou-se em Madrid uma grande manifestação com tratores, que tencionam voltar às ruas da capital no domingo, provavelmente com centenas de tratores e dezenas de milhares de agricultores.

Não pode ser que aqueles que geram o valor, os produtores, sejam os que recebem menos dinheiro".
Carles Peris
Secretário-geral da União de Agricultores e Criadores de gado de Valência

Diz Carles Peris, secretário-geral da União de Agricultores e Criadores de gado de Valência: "Queremos uma lei sobre a cadeia agroalimentar que seja equilibrada, não pode ser que aqueles que geram o valor, os produtores, sejam os que recebem menos dinheiro".

Agricultores franceses ameaçam bloquear o Salão da Agricultura

Em França, os agricultores estão a reunir-se em antecipação da abertura do Salão Internacional da Agricultura, em Paris. Os produtores agrícolas de várias regiões não abandonam os planos de bloquear a exposição. Apesar de há algumas semanas o governo francês ter prometido satisfazer muitas das exigências dos agricultores, na sequência de uma série de greves, afirmam agora que Paris ainda não cumpriu nenhuma das promessas.

"Sentimo-nos como se estivéssemos a ser enganados, no sentido em que o governo nos prometeu muitas coisas que ainda não recebemos. Isto é para lhes mostrar que continuamos aqui e que continuamos à espera de respostas", diz um agricultor.

Esta sexta-feira, véspera da abertura do Salão da Agricultura, os tratores voltaram às ruas de Paris, com dezenas de máquinas agrícolas concentradas numa ponte sobre o Sena e depois na praça Vauban, no centro da capital francesa. Quinta-feira, em várias cidades a norte de Paris, os agricultores reuniram-se junto das administrações locais para voltarem a frisar as reivindicações.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bloqueio de autoestrada na Polónia torna-se permanente

Macron enfrenta manifestantes na Feira de Agricultura de Paris

UE e Reino Unido chegam a acordo sobre "grandes linhas políticas" relativamente a Gibraltar