União Europeia abre procedimento contra gigantes tecnológicas

Lei foi impulsionada pela comissária Margrethe Vestager
Lei foi impulsionada pela comissária Margrethe Vestager Direitos de autor European Union, 2024
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Meta, Google e Apple estão na mira de Bruxelas por alegadas infrações à nova Lei dos Mercados Digitais.

PUBLICIDADE

As autoridades reguladoras da União Europeia abriram esta segunda-feira investigações contra a Apple, a Google e a Meta (casa-mãe do Facebook e do Instagram) por incumprimento da Lei dos Mercados Digitais

Trata-se das primeiras ações judiciais no âmbito desta nova lei, que entrou em vigor no início deste mês, destinada a tornar os mercados digitais "mais justos" e "mais contestáveis", impedindo que as grandes empresas tecnológicas dominem esses mercados. O objetivo é obrigá-las a cumprir um conjunto de obrigações e deveres, sob a ameaça de pesadas sanções financeiras ou mesmo do desmantelamento das empresas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Amazon, Google, Facebook e outros: UE nomeia guardiões da economia digital

Implicações da nova Lei dos Mercados Digitais

"Big Tech": Parlamento Europeu vota Lei dos Mercados Digitais