EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ativistas detidos por espalharem pó laranja na Galeria dos Espelhos do Palácio de Versalhes

Autoridades francesas detêm dois ativsitas por ataque no Palácio de Versalhes
Autoridades francesas detêm dois ativsitas por ataque no Palácio de Versalhes Direitos de autor Ohad Zwigenberg/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Ohad Zwigenberg/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Dois ativistas pertencem ao coletivo Resposta Alimentar, que defende uma alimentação sustentável. Grupo tem sido responsável por vários ataques em museus na cidade de Paris nos últimos meses, nomeadamente por atirarem sopa contra a Mona Lisa de Da Vinci.

PUBLICIDADE

Dois ativistas do grupo Resposta Alimentar foram detidos no sábado, depois de terem espalhado pó laranja na Galeria dos Espelhos do Palácio de Versalhes, em Paris. Acabaram por ser libertados e serão agora presentes a um juiz.

A organização, que luta pela utilização justa dos recursos da Terra, reivindicou rapidamente a reponsabilidade pela ação, através de um comunicado enviado à imprensa. 

"Através desta ação, a Resposta Alimentar deseja alertar para as desigualdades, que permitem a uma minoria privilegia ficar com uma parte dos recursos, enquanto que a maioria dos cidadãos e cidadãs recolhem migalhas".

O grupo Reposta Alimentar defende que o direito à alimentação seja reconhecido como um direito internacional e respeitado “para uma alimentação universal, democrática e sustentável”.

O protesto durou apenas alguns minutos e as autoridades locais informaram que não houve danos materiais ou pessoais

A mais recente ação do coletivo ambientalista decorreu uma semana após dois outros membros do grupo terem sido detidos à entrada do museu d'Orsay, também em Paris, por estarem na posse de um líquido viscoso esbranquiçado que, segundo as autoridades locais, levantou suspeita.

Nos últimos meses, o grupo Resposta Alimentar tem reivindicado a responsabilidade por vários ataques deste género: dois ativistas que fazem parte da organização atiraramsopa contra o vidro que protege a pintura da  Mona Lisa no museu do Louvre, no passado mês de janeiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Paris: Ambientalistas atiram sopa contra pintura de Mona Lisa

Ativistas climáticos lançam tinta laranja sobre Pirâmide do Louvre

Ativistas pelo ambiente mancham de tinta um quadro de Claude Monet