EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ativistas pelo ambiente mancham de tinta um quadro de Claude Monet

Museu
Museu Direitos de autor Lewis Joly/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Lewis Joly/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Duas ativistas pelo ambiente mancharam de tinta o quadro "O Jardim do Artista em Giverny", do pintor francês Claude Monet, no Museu Nacional de Estocolmo, na Suécia.

PUBLICIDADE

O Museu Nacional de Estocolmo tornou-se a mais recente instituição cultural a ser alvo de ataques de ativistas pelo ambiente.

Duas mulheres conseguiram manchar de tinta vermelha e colar as mãos no vidro protetor que cobria um quadro de Claude Monet. As duas ativistas acabaram por ser detidas pela polícia.

A organização "Återställ Våtmarker" (Restaurar as Terras Húmidas) reivindicou a responsabilidade pela ação. Ainda não se sabe se o quadro do pintor impressionista francês foi danificado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Banco Mundial pondera suspender dívida de países pobres na cimeira de Paris

Ambientalistas contra plano da União Europeia

Futuro da Alemanha nas mãos de ambientalistas e liberais