EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Novo MNE britânico faz primeira visita oficial à Polónia para discutir situação na Ucrânia

Novo MNE britânico visita a Polónia para conversações sobre a Ucrânia
Novo MNE britânico visita a Polónia para conversações sobre a Ucrânia Direitos de autor David Cliff/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
Direitos de autor David Cliff/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Esta foi a primeira visita oficial de David Lammy como novo ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido. O novo governo britânico vai continuar a apoiar a Ucrânia na guerra contra a Rússia, garantiu.

PUBLICIDADE

O ministro polaco dos Negócios Estrangeiros, Radek Sikorski, recebeu o novo ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, David Lammy, no domingo, em Chobielin, a cerca de 300 quilómetros a noroeste da capital Varsóvia.

As conversações entre Radek Sikorski e o seu homólogo focaram-se na continuação do apoio à Ucrânia, com Lammy a salientar que o novo governo britânico continua a apoiar Kiev na guerra contra a Rússia.

Lammy referiu, citado pela AP, que estava a visitar os “parceiros-chave” da Grã-Bretanha na Europa, entre eles a Polónia, Alemanha e Suécia, para conversações sobre cooperação e segurança.

O apoio militar, económico, político e diplomático da Grã-Bretanha à Ucrânia vai continuar inabalável, segundo Lammy, mas o país pretende fazer um "reset" com a Europa nas áreas da proteção climática, energia e migração.

Esta foi a primeira viagem internacional de Lammy como novo ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido. Lammy foi nomeado para a pasta dos Negócios Estrangeiros na sexta-feira, após a vitória esmagadora do Partido Trabalhista nas eleições.

Já o novo primeiro-ministro britânico, Keir Starmer, iniciou uma digressão pela Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, no domingo, com o objetivo de "restabelecer" as relações entre Westminster e as nações do Reino Unido.

Starmer, que afirmou ter um "mandato para fazer política de forma diferente" após a vitória esmagadora do seu partido, vai encontrar-se com o primeiro-ministro escocês, John Swinney, em Edimburgo, numa tentativa de "transformar o desacordo em cooperação".

"Isto começa hoje, com uma redefinição imediata da abordagem do meu governo ao trabalho com o primeiro-ministro e o vice-primeiro-ministro", afirmou Starmer, citado pela AP, acrescentando que "Uma cooperação significativa, centrada no respeito, será a chave para a realização de mudanças em todo o nosso Reino Unido".

O novo primeiro-ministro britânico vai deslocar-se a Washington para uma reunião da NATO, na terça-feira, e será o anfitrião da cimeira da Comunidade Política Europeia a 18 de julho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Partido Trabalhista com uma vitória histórica: os vencedores e os vencidos

Reviravolta histórica: projeções dão maioria ao Partido Trabalhista nas eleições do Reino Unido

Eleições no Reino Unido: Partido Trabalhista quer acabar com o plano de Ruanda