This content is not available in your region

Propriedade intelectual, o escudo protetor na conquista de novos mercados

Access to the comments Comentários
De  Paul Hackett  & Euronews
euronews_icons_loading
Propriedade intelectual, o escudo protetor na conquista de novos mercados
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Uma empresa dos Países Baixos desenvolveu o que diz ser uma forma completamente inovadora de tratar a dor muscular. Através de jogos de vídeo de realidade virtual, InMotionVR esta a pôr a tecnologia ao serviço de fisioterapeutas para exercitarem e darem uma nova vida aos músculos dos pacientes.

O valor da propriedade intelectual é extremamente importante para a companhia, que já tomou medidas para protegê-la na Europa.

Mas, agora, a empresa quer também expandir-se para a China. Para tal, entrou em contacto com um serviço de assistência técnica no campo dos direitos de propriedade intelectual, financiado pela União Europeia, designado China IP SME Helpdesk.

"Fomos contactados por um parceiro de Hong Kong e como não tínhamos qualquer experiência no mercado chinês, puseram-nos em contacto com o helpdesk. E foi muito útil para começarmos a entrar nesse mercado. Permitiu-nos tomar consciência do que realmente precisávamos de fazer. Deu-nos muitos conselhos gratuitos, poupando-nos tempo e dinheiro precioso, mas também nos ajudou a acelerar a entrada no mercado chinês", conta Gert-Jan Brok, diretorexecutivo da empresa.

Estima-se que 45% do Produto Interno Bruto (PIB) da União Europeia sejam gerados por indústrias com utilização intensiva da propriedade intelectual.

As empresas que protegem os seus direitos neste campo têm receitas cerca de 30% mais elevadas.

No entanto, menos de 10% das Pequenas e Médias Empresas (PME) protegem os bens intangíveis que possuem.

O motivo pode estar em muitas pequenas empresas não verem os benefícios de salvaguardar a propriedade intelectual ou acharem os procedimentos para protegê-la demasiado dispendiosos.

Jim Stoopman, do serviço de assistência da União Europeia, que aconselhou a inMotionVR para entrar na China, diz que as empresas precisam de estar preparadas quando se trata de trabalhar dentro do mercado chinês.

"A propriedade intelectual é um meio elementar para proteger a marca e a inovação contra imitações, ao mesmo tempo que permite ganhar vantagem estratégica sobre os concorrentes. É também uma fonte cash flow, através de vendas e licenciamento de propriedade intelectual, e é uma forma de atrair potenciais investidores".

Além da China, a União Europeia tem outros quatro serviços de assistência para a Europa, Sudeste Asiático, América Latina e Índia.

A Comissão Europeia revelou recentemente um novo plano de ação em matéria de propriedade intelectual para ajudar as empresas comunitárias

As medidas de apoio são dirigidas particularmente às PME, para que possam tirar o máximo partido de ideias e invenções.

Sobre a Propriedade Intelectual:

  • Os direitos de propriedade intelectual protegem os bens intangíveis das empresas e ajudam-nas a salvaguardar e explorar as suas criações e inovações.
  • Os serviços internacionais de assistência técnica sobre propriedade intelectual apoiam as PME europeias na China, Sudeste Asiático, América Latina e, mais recentemente (desde dezembro de 2020) na Índia.
  • Estes serviços multilingues são gratuitos e incluem aconselhamento inicial confidencial sobre: registo de direitos de propriedade intelectual formais (tais como patentes, marcas registadas ou direitos de design), gestão da propriedade intelectual como ativos não transacionáveis, tratamento de violações de direitos de propriedade intelectual, e fornecimento de informação e formação sobre temas relacionados.

Links úteis:

https://inmotionvr.com/

https://www.ipr-hub.eu/

https://www.china-iprhelpdesk.eu/