This content is not available in your region

Veículos eléctricos são tendência no Reino Unido

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Veículos eléctricos são tendência no Reino Unido
Direitos de autor  OLI SCARFF/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Foram registados mais veículos elétricos do que a gasóleo ou gasolina, no Reino Unido, no mês de julho, de acordo com os números da indústria automóvel. É a terceira vez que veículos elétricos ultrapassam o diesel nos últimos dois anos.

O setor automóvel também foi afetado pelo isolamento forçado de muitos cidadãos britânicos, depois de terem sido casos de contacto à Covid-19. Neste contexto, os registos de automóveis novos caíram quase um terço - segundo a Sociedade de Fabricantes e Comerciantes de Automóveis.

A tendência são os carros elétricos, numa altura em que o Reino Unido planeia proibir a venda veículos novos a gasolina e diesel até 2030 e de híbridos até 2035. Se a tendência se mantiver, em 2050 a maior parte dos automóveis na estrada será elétrica ou utilizará combustíveis não fósseis. Entretanto, o Presidente dos Estados Unidos Joe Biden está a acelerar as políticas no que toca às alterações climáticas.

Assinou um projeto de lei que exige que metade de todos os carros novos vendidos nos Estados Unidos sejam elétricos até 2030. Os EUA ficaram atrás da China e da Europa na adoção de veículos elétricos, representando cerca de 2% do mercado e a Tesla domina as vendas, em comparação com cerca de 6% na China, 10% na Europa e 11% no Reino Unido. A União Europeia reforçou as normas de emissões que se traduzem numa proibição da venda de automóveis novos a gasóleo e a gasolina até 2035.