Líder da Binance renuncia ao cargo e admite falhas no combate à lavagem de dinheiro

Changpeng Zhao, Diretor Executivo da Binance
Changpeng Zhao, Diretor Executivo da Binance Direitos de autor AP Photo, File
De  Associated Press
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Changpeng Zhao, conhecido como "CZ", renunciou ao cargo de diretor executivo da maior bolsa de criptomoedas do mundo e declarou-se culpado de acusações criminais.

PUBLICIDADE

O fundador da Binance declarou-se culpado de uma acusação de falha em manter um programa eficaz de combate à lavagem de dinheiro no tribunal federal de Seattle.

Segundo a The Associated Press, a confissão surge numa altura em que a empresa concordou em pagar mais de 4 mil milhões de dólares (3,6 mil milhões de euros) como parte de um acordo com o governo dos EUA. A fonte da agência de notícias confirmou o montante sob condição de anonimato.

A acusação é semelhante às práticas descobertas após o colapso da segunda maior bolsa de criptomoedas, a FTX, no ano passado.

O juiz marcou a sentença de Changpeng Zhao para 23 de fevereiro. No entanto, é provável que seja adiada, uma vez que ambas as partes concordaram que não haveria sentença durante pelo menos seis meses.

A demissão acontece depois de empresa ser acusada de operar como uma bolsa de valores não registada e violar uma série de leis de valores mobiliários dos EUA.

Escândalos e colapsos das criptomoedas

O setor das criptomoedas tem sido marcado por escândalos e colapsos do mercado. Sam Bankman-Fried, o fundador de 31 anos da FTX, foi condenado no início deste mês por roubar pelo menos 10 mil milhões de dólares (9 mil milhões de euros) a clientes e investidores.

Changpeng e Bankman-Fried eram inicialmente concorrentes amigáveis na indústria. No entanto, a relação entre os dois detiorou-se, e Changpeng anunciou a venda de todos os seus investimentos em criptomoedas na FTX, no início de novembro de 2022.

A FTX entrou com pedido de falência uma semana depois.

Em outubro, um Tribunal considerou Bankman-Fried culpado de fraude eletrónica e de várias outras acusações. Espera-se que seja condenado em março, e poderá enfrentar uma pena de décadas de prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Como se proteger contra as burlas neste Natal

Líderes financeiros europeus negam contágio da crise norte-americana

Colapso do Silicon Valley Bank gera receios de crise financeira