Edifícios históricos do Japão estão a revitalizar zonas rurais

Edifícios históricos do Japão estão a revitalizar zonas rurais
Direitos de autor euronews
De  Anca Ulea
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Euronews explorou as pequenas cidades de Miyama e Ōzu para descobrir como as casas históricas podem ajudar a fomentar o turismo sustentável.

PUBLICIDADE

Neste episódio de "Explore Sustainable Japan", a repórter da Euronews Anca Ulea mergulhou na cultura rural de Miyama e Ōzu para saber como a arquitetura tradicional está a impulsionar o turismo e o desenvolvimento económico.

Uma das características do turismo sustentável é o apoio às comunidades locais através de atividades que respeitem os seus costumes e tradições.

Em Miyama, Anca conheceu Haruo Nishio, um dos últimos artesãos que sabe como construir telhados de colmo tradicionais japoneses. Kayabuki é um estilo de construção com cinco mil anos que foi recentemente registada como Património Mundial Imaterial da UNESCO.

O filho de Haruo, Toranosuke, de 25 anos, está a fazer a sua parte para manter a tradição. A repórter da Euronews junta-se a ele num workshop de _kayabuki_para aprender mais sobre este precioso ofício. Depois, Anca passou a noite numa casa com 150 anos, com telhado de colmo, que a família gere como casa de hóspedes.

Em Ōzu, a jornalista encontrou-se com o coordenador de sustentabilidade de um enorme projeto de renovação que está a dar uma nova vida à cidade atravessada pelo rio Hijikawa.

Os edifícios históricos de Ōzu foram transformados em hotéis de luxo e lojas. Uma vaga de turismo dá um impulso à economia local. O projeto valeu a Ōzu o primeiro lugar na categoria Cultura e Tradição dos Green Destinations Story Awards deste ano. 

Finalmente, Anca reflete sobre a sua viagem numa cerimónia de chá tradicional japonesa com vista para o rio Hiji.

Para saber mais, veja o episódio completo no leitor de vídeo acima.

Partilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Em busca de paisagens selvagens na República Dominicana? Faça uma visita a Samaná

Uma aventura em Shamakhi: andar a pé e de balão e provar vinho biológico

Mimos em Lankaran: espírito zen, tratamentos de bem-estar e uma chávena de chá