A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Bruxelas propõe criação de fundos nacionais financiados pela banca

Bruxelas propõe criação de fundos nacionais financiados pela banca
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia propôs esta quarta-feira a criação de 27 fundos nacionais, um para cada país da União.

O mecanismo permitirá a “resolução de crises” e será financiado pela banca, para garantir que a falência de um banco “não seja paga pelo contribuinte nem desestabilize o sistema financeiro”.
O Comissário Michel Barnier explica do que se trata.

“O que a Comissão propõe é algo muito simples. Prevenir é melhor do que remediar. Não podemos aceitar que sejam os contribuintes que se encontrem na primeira linha. É uma ideia que os banqueiros deviam aprovar já que lhes estamos a propor instrumentos de alerta e vigilância que lhes ajudarão a evitar a bancarrota”, diz o comissário europeu do Mercado Interno.
O Comissário Michel Barnier explica do que se trata.

“O que a Comissão propõe é algo muito simples. Prevenir é melhor do que remediar. Não podemos aceitar que sejam os contribuintes que se encontrem na primeira linha. É uma ideia que os banqueiros deviam aprovar já que lhes estamos a propor instrumentos de alerta e vigilância que lhes ajudarão a evitar a bancarrota”, diz o comissário europeu do Mercado Interno.

A Comissão apresentará as ideias aos ministros das Finanças da União Europeia, aos Chefes de Estado dos 27 e ao G20 durante o mês de Junho de 2010, em Toronto, tentando obter um “consenso alargado” quanto aos princípios e orientações gerais.

Em Outubro próximo, o executivo comunitário apresentará “propostas mais pormenorizadas”.