EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ucrânia vai ter maioria parlamentar

Ucrânia vai ter maioria parlamentar
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

Na Ucrânia, cinco partidos pró-ocidentais votados nas eleições legislativas de 26 de outubro, anunciaram esta sexta-feira a criação de uma coligação de maioria parlamentar. Dos 450 lugares, 300 serão ocupados por deputados da coligação.

“Após a assinatura do acordo de coligação, chega-se à maioria parlamentar. Essa maioria poderá fazer alterações à Constituição da Ucrânia”, sublinhou Dmytro Polonsky, da Euronews, em Kiev.

O acordo da coligação foi rubricado por cinco partidos na noite de quinta-feira e será oficialmente assinado na primeira sessão do novo Parlamento prevista para 27 de novembro.

“Acho que assinatura do acordo de coligação é um grande passo. É a primeira vez na história da Ucrânia independente que uma coligação ampla é formada e que todos os pontos chave do acordo serão aparentemente cumpridos. Se não forem cumpridos, isso pode desencadear acontecimentos como os que se verificaram em 2013”, disse um habitante de Kiev.

“A primeira tarefa é proteger a Ucrânia e as suas fronteiras para que os nossos rapazes não morram. Os nossos heróis, os nossos patriotas… Essa é a primeira tarefa a cumprir”, disse outra.

Apesar do cessar-fogo, no leste do país a situação continua tensa entre os rebeldes pró-russos e as forças do exército ucraniano.

Desde o início dos confrontos já morreram cerca de 4300 pessoas incluindo civis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Revolução "Euromaidan" rebentou na Ucrânia há dez anos: Relatos na primeira pessoa

Conservadores croatas e a extrema-direita fazem coligação antes das eleições europeias

Líderes da UE e Ucrânia congratulam-se com abstenção de Orbán e luz verde às negociações de adesão