A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Filme indiano retrata maior catástrofe industrial do mundo

Filme indiano retrata maior catástrofe industrial do mundo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Trinta anos depois do desastre, uma longa-metragem retrata a fuga de gases tóxicos de uma fábrica norte-americana, na Índia, um incidente que matou milhares de pessoas.

Penso que é a boa altura para contar a história porque o tempo passou, há uma distância emocional. Podemos contar a história de forma objetiva", disse o realizador.

A catástrofe de Bhopal remonta a 1984 e ficou na história como a maior catástrofe industrial do mundo. O presidente da empresa nunca compareceu diante da justiça.

O filme é realizado por Ravi Kumar.

“Bhopal tem estado na nossa consciência nos últimos trinta anos. Penso que é a boa altura para contar a história porque o tempo passou, há uma distância emocional. Podemos contar a história de forma objetiva”, disse o realizador Ravi Kumar.

Oficialmente, o desastre provocou a morte a 7575 pessoas. Mas os ativistas que lutam pelos direitos das vítimas estimam que o número real ronde as 25 mil pessoas, sem contar com os casos de cancro e outras doenças graves.

O ator indiano Rajpal Yadav incarna o papel de um trabalhador da fábrica de pesticidas.

“Pessoalmente, achei interessante o facto de os realizadores terem mostrado as as consequência do incidente através do olhar de um casal de trabalhadores pobres”, afirmou Rajpal Yadav.

A atriz Tannishtha Chatterjee incarna o papel da mulher pobre.

As pessoas desumanizaram-se na busca do lucro e do dinheiro. A ideia de base do filme, que é importante para mim é o facto de deixar a questão no ar, negócios, sim, uma vida melhor, sim, lucros sim. Mas a que preço?”, questionou a atriz indiana.

A longa-metragem do realizador indiano Ravi Kumar sobre a catástrofe de Bhopal não tem data de estreia em Portugal.