This content is not available in your region

França presta homenagem a polícias assassinados em Paris

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
França presta homenagem a polícias assassinados em Paris

A França homenageou os agentes que morreram ao serviço da pátria na semana passada, em Paris.

No total, três polícias foram assassinados. Franck Brinsolaro de 49 anos integrava a equipa responsável pela segurança pessoal do cartoonista Charb. Foi morto a 07 de janeiro por um dos irmãos Kouachi na redação do jornal Charlie Hebdo.

Ahmet Merabet de 40 anos de origem muçulmana. Pertencia à VTT, uma brigada de polícias em bicicleta, num bairro de Paris. Foi ferido e depois abatido por um dos irmãos Kouachi durante o ataque ao semanário.

Já Clarissa Jean-Philippe de 27 anos era polícia municipal. Foi abatida por Coulibaly a 08 de janeiro por volta das 08h00 depois de ter sido chamada para resolver um acidente de viação em Montrouge, no sul de Paris. Alvejada nas costas, a jovem polícia viria a falecer já no hospital.

Esta terça-feira, os agentes foram condecorados a título póstumo com as insígnias de Cavaleiro da Legião de Honra durante uma cerimónia solene no Comissariado de Polícia da capital francesa.