A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

ONU apoia criação de força internacional para enfrentar Boko Haram

ONU apoia criação de força internacional para enfrentar Boko Haram
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A ONU apoia a criação de uma força oeste africana para combater o Boko Haram embora os insurgentes que pretendem criar um estado islâmico na Nigéria estejam já debaixo de fogo de tropas estrangeiras. Este sábado a Força Aérea do Chade bombardeou posições dos combatentes extremistas numa localidade junto à fronteira com os Camarões.

No final da semana, a União Africana decidiu criar uma força multinacional de 7.500 homens. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apoia a decisão porque “o Boko Haram, tal como a Al-Qaida e o autodenominado Estado Islâmico, cometeu crimes brutais contra a humanidade. Nenhum país, mesmo os países regionais, consegue lidar com a situação sozinho.”

O mandato e a composição da força ainda não estão definidos. No ano passado cinco países da região tinham-se já comprometido a criar uma força internacional mas não conseguiram acordar as modalidades da intervenção militar.