Última hora

Volvo Ocean Race: Maior equilíbrio era impossível

Volvo Ocean Race: Maior equilíbrio era impossível
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Já lá vão quinze dias desde que os seis veleiros em prova na Volvo Ocean Race se fizeram à água para a quarta etapa, entre o porto chinês de Sanya e Auckland, na Nova Zelândia, e para já o equilíbrio é a nota dominante com todas as embarcações separadas por menos de 20 milhas náuticas. Qualquer coisa como 37 km.

Apesar de terem partido um mastro a semana passada os chineses da Dongfeng têm vindo a discutir a liderança taco a taco com os espanhóis da MAPFRE mas perante a proximidade entre os participantes, qualquer um tem legítimas aspirações à vitória na etapa.

A chegada a Auckland está prevista para o dia 28 de fevereiro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.