A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Washington ajuda Kiev com mais material não letal

Washington ajuda Kiev com mais material não letal
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Washington vai enviar para a Ucrânia aviões não-tripulados de observação (drones) e veículos militares,
para apoiar Kiev na luta contra a insurreição separatista no leste do país, disse um responsável norte-americano, sob anonimato.

A mesma fonte não precisou o calendário do envio de “drones” Raven e 230 veículos Humvee, incluindo 30 blindados.

A decisão surge após o governo norte-americano ter acusado a Rússia de continuar a ajudar os separatistas com soldados e armamento, apesar do acordo de cessar-fogo de Minsk.

“Confirmamos que nos últimos dias, tanques, veículos blindados, artilharia pesada e roquetes russos passaram a fronteira no leste da Ucrânia e foram entregues aos separatistas”, disse a subsecretária de Estado para a Europa, Victoria Nuland.

Em Moscovo Mikhail Ulyanov, do ministério dos Negócios Estrangeiros, disse, esta quarta-feira, que a Rússia tem o direito de deslocar armamento nuclear para a Península da Crimeia, anexada o ano passado, embora não haja planos para tal.