A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Kerry manifesta dúvidas sobre acordo com Irão

Kerry manifesta dúvidas sobre acordo com Irão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Após uma década de crise, 18 meses de intensos debates e duas datas de finalização não respeitadas, o Irão e as grandes potências do grupo 5+1 (Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia, China e mais a Alemanha), negoceiam sob a tutela da diplomacia da União Europeia um acordo sobre o programa nuclerar iraniano.

O Secretário de Estado norte-americano, Jonh Kerry disse à margem de uma conferência económica internacional que decorre em Sharm el Sheik, no Egito, que o tempo está a esgotar-se.

“Bem, o tempo está a passar como todos sabem, temos que definir o final do mês como data limite, por isso temos de concordar que o tempo é um elemento crítico. Não posso dizer se podemos chegar a um acordo ou se estamos perto de o conseguir”.

Iranianos e norte-americanos devem retomar, na segunda-feira, as conversações mediante a dupla pressão que é o prazo de 31 março para a finalização de um acordo político e a oposição a este acordo nos dois países.