Iémen: Aviões de coligação liderada pela Arábia Saudita bombardeiam alvos hutis

Iémen: Aviões de coligação liderada pela Arábia Saudita bombardeiam alvos hutis
De  Fernando Peneda com Lusa/AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Aviões de uma coligação liderada pela Arábia Saudita levaram a cabo uma operação militar no Iémen contra os rebeldes xiitas hutis. O ataque da

PUBLICIDADE

Aviões de uma coligação liderada pela Arábia Saudita levaram a cabo uma operação militar no Iémen contra os rebeldes xiitas hutis.

O ataque da coligação que envolve mais de dez países, provocou a morte de pelo menos 13 pessoas em Sanaa, a capital do país.

A Arábia Saudita, país sunita, está inquieta com o avanço das milícias xiitas hutis no Iémen, que tomaram o controlo da capital em março.

O aumento da violência no Iémen poderia comparar-se a uma guerra por procuração entre a potência xiita iraniana, que apoia os hutis, e a Arábia Saudita sunita, que apoia o presidente Hadi, refugiado algures em Aden.

“Faremos o que for preciso para impedir o Governo legítimo do Iémen de cair e enfrentar os perigos de milícias externas. Estamos perante uma situação em que uma milícia que controla ou poderá vir a controlar mísseis balísticos, artilharia pesada e uma Força Aérea”, disse o embaixador da Arábia Saudita nos Estados Unidos, Adel al-Jubeir.

Forças fiéis ao presidente Abd-Rabbou Mansou Hadi retomaram esta quinta-feira o controlo do aeroporto de Aden após intensos combates.

O aeroporto tinha sido tomado no dia anterior por forças fiéis ao antigo presidente, Ali Abdallah Saleh, aliado dos hutis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milícia xiita hutti avança sobre cidade estratégica de Aden

Notas sobre o conflito no Iémen

Iémen: Milícias xiitas expulsas de duas cidades